Vasco e Botafogo devem acender o sinal amarelo já de olho na luta pelo acesso?

Vitor Beloti
·3 minuto de leitura

2020 parece não ter terminado para o Cruz-Maltino e o Alvinegro carioca. Com péssimos resultados nesse início de temporada pelo Campeonato Estadual 2021, os dois clubes não se classificaram para a fase final da competição e viram seus dois maiores rivais - Flamengo e Fluminense - chegando com boas condições de conquistar o título do Rio.

No entanto, é preciso ter um pouco mais de calma na hora de fazer alguma avaliação nesse início de temporada sobre os clubes em questão. Abaixo, iremos debater sobre cada um separadamente.

Vasco

Germán Cano é a principal estrela vascaína. | DANIEL JAYO/Getty Images
Germán Cano é a principal estrela vascaína. | DANIEL JAYO/Getty Images

Após mais um ano conturbado dentro de campo - pelos péssimos resultados alcançados e, consequentemente, queda para a Série B -, e fora dele - Eleições para presidente do clube -, é preciso pensar de uma forma diferente em 2021 para não sofrer as mesmas consequências do ano anterior. E o primeiro ponto positivo foi a contratação de Marcelo Cabo, técnico experiente e que já conquistou o título da segunda divisão do nacional em 2016, pelo Atlético Goianiense. Com dívidas elevadas, Jorge Salgado, presidente do Vasco, percebeu que é preciso enxugar a folha salarial do clube para fazer uma boa administração e colher os frutos no futuro.

Mesmo terminando em quinto colocado na Taça Guanabara, com 4 vitórias, 5 empates e 2 derrotas, o clube mostrou um padrão tático bem consistente em alguns jogos, principalmente contra o seu maior rival, o Flamengo, e o derrotou por 3 a 1, no Maracanã. Além disso, se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil e irá enfrentar o Boavista, com uma probabilidade altíssima de chegar às oitavas de final da competição.

No atual momento, Marcelo Cabo já demonstrou que seu principal objetivo agora é buscar o acesso para a elite do futebol brasileiro. Com um elenco superior ao de 2020, o técnico tem total condição de fazer uma boa campanha e conseguir o acesso tão desejado pelos vascaínos.

Botafogo

Botafogo é eliminado do Estadual do Rio e acende luz amarela pensando na Série B. | Buda Mendes/Getty Images
Botafogo é eliminado do Estadual do Rio e acende luz amarela pensando na Série B. | Buda Mendes/Getty Images

O Alvinegro carioca vive sua maior crise na sua história. Na última sexta-feira (30), o clube apresentou um patrimônio líquido negativo no montante de pouco mais de R$ 1 bilhão. Além disso, houve um déficit de pouco mais de R$ 110 milhões de 2019 para 2020 e a tão dolorosa queda para a Série B. Através disso, é preciso ter o mesmo pensamento que o clube vascaíno: ajustar a sua parte financeira e pensar totalmente no acesso de volta à Série A do campeonato brasileiro.

E o clube tem se mostrado focado em 2021. Mesmo com péssimos resultados no Campeonato Carioca, com apenas 3 vitórias, 6 empates e 2 derrotas, o time não perdeu seu foco principal, que é a elite do futebol do país. Após a não classificação do clube para as finais do Estadual, o Botafogo acende o sinal amarelo e volta a trabalhar pensando somente em seu acesso no campeonato nacional. Com tempo, trabalho e persistência tanto dentro quanto fora de campo, o Alvinegro ficará mais próximo de seus momentos de glória.