Vasco decreta luto de sete dias, destaca orgulho de ter Pelé como torcedor e fará homenagem em São Januário

Pelé morreu nesta quinta-feira, dia 29 de dezembro de 2022 (Divulgação/Vasco)


A morte de Edson Arantes do Nascimento, o Pelé, foi confirmada nesta quinta-feira, dia 29 de dezembro, pelo hospital Albert Einstein, em São Paulo. Com 82 anos completados no último dia 23 de outubro, o Rei do Futebol estava internado desde o fim de novembro, mas teve falência múltipla dos órgãos em virtude de um câncer no cólon. O Vasco enviou um ofício ao Santos para "expressar o reconhecimento e gratidão à casa que o formou" e fará homenagem.

Com isso, o clube carioca ressaltou que tem orgulho de ter o eterno Rei como torcedor e decretou luto oficial de sete dias. Na sexta, Pelé receberá uma homenagem póstuma como maior jogador de todos os tempos em São Januário. As bandeiras do clube foram hasteadas a meio-mastro.

No ano passado, o Vasco presenteou Pelé com diversas camisas do clube, um quadro com várias fotos do Rei com a camisa vascaína e uma homenagem com o título de sócio honorário do clube. O clube pretende colocar uma coroa de flores aos pés da estátua do Almirante na entrada do estádio junto com fotos do Rei, declarações dele dizendo ser torcedor vascaíno e uma réplica do título de sócio honorário.

- Temos um imenso orgulho de ter Pelé como nosso Sócio Honorário e do carinho que ele sempre dedicou ao Vasco da Gama. Honrando as tradições vascaínas, Pelé abraçou a causa da luta contra o racismo e levou alegria e esperança aos mais profundos rincões no Brasil e no mundo. Para nós são inesquecíveis os momentos em que o maior jogador de futebol de todos os tempos vestiu a nossa camisa, em 1957, no Estádio do Maracanã, em sua primeira aparição no maior palco do futebol mundial - escreveu o Vasco.

Além disso, a guarda de honra do Vasco estará presente, com os remadores carregando seus remos no alto e respeitando um minuto de silêncio. As fotos utilizadas na homenagem serão expostas na galeria de ídolos do Espaço Experiência do Vasco.

Vale lembrar que Pelé deixou claro diversas vezes que era vascaíno na infância e chegou a jogar quatro jogos pelo clube. E foi justamente sobre o Gigante da Colina, no Maracanã, que o Rei se consagrou com o milésimo gol de sua carreira.

O velório está marcado para a próxima segunda-feira, a partir das 10h até às 10h de terça, na Vila Belmiro, e será aberto ao público. O enterro, porém, será restrito aos familiares, na terça, no Memorial Necrópole Ecumênica, também em Santos.

Confira ofício do Vasco ao Santos:

"O Club de Regatas Vasco da Gama vem por meio deste expressar a profunda tristeza com que nossa instituição e seus milhões de torcedores receberam a notícia do falecimento de Edson Arantes do Nascimento - Pelé, o maior atleta do século XX e o eterno Rei do Futebol. Nesse momento, nos unimos a todos os desportistas e amantes do futebol ao redor do mundo para expressar nosso reconhecimento e gratidão à Pelé e à casa que o formou.

Temos um imenso orgulho de ter Pelé como nosso Sócio Honorário e do carinho que ele sempre dedicou ao Vasco da Gama. Honrando as tradições vascaínas, Pelé abraçou a causa da luta contra o racismo e levou alegria e esperança aos mais profundos rincões no Brasil e no mundo. Para nós são inesquecíveis os momentos em que o maior jogador de futebol de todos os tempos vestiu a nossa camisa, em 1957, no Estádio do Maracanã, em sua primeira aparição no maior palco do futebol mundial.

Por tudo isso, nesse momento de dor e saudades, nos solidarizamos com o Santos Futebol Clube, seus torcedores, e com os milhões de apaixonados por Pelé nos quatro cantos do planeta. Informamos ainda que em honra ao Rei do Futebol o Vasco da Gama decretou luto oficial de 7 dias e que realizaremos nesta sexta-feira 30/12 uma homenagem póstuma a Pelé no Estádio de São Januário. Temos absoluta certeza que a lenda de Pelé seguirá viva a inspirar todos nós. O Rei vive para sempre!".