Vasco cumpre tarefa e avança na Copa do Brasil, mas sinal de alerta deve continuar forte em São Januário

Antonio Mota
·1 minuto de leitura

O Vasco empatou com a Caldense em 1 a 1, no Estádio Ronaldão, na noite da última quinta-feira (18), em partida válida pela primeira fase da Copa do Brasil. Com o resultado, o Gigante da Colina cumpriu sua missão e se classificou, mas, apesar da suada classificação e de todo o contexto de retornos e problemas, é preciso manter o sinal de alerta bem forte e sonoro em São Januário.

Classificado para a 2ª Fase da Copa do Brasil, o Alvinegro conseguiu o que era mais importante, mas não há como ignorar que o clube sofreu muito e que poderia ter perdido sua classificação 'num piscar de olhos'. A equipe precisa melhorar, e muito, para a sequência da temporada, sobretudo se quiser voltar à elite do futebol nacional. 2021 não começa bem para o Cruzmaltino.

O Vasco precisa melhorar muito para 2021. | Bruna Prado/Getty Images
O Vasco precisa melhorar muito para 2021. | Bruna Prado/Getty Images

De fato. O Vasco fez contra a Caldense apenas o seu segundo jogo sob comando de Marcelo Cabo e muitos atletas, em especial os que voltaram de férias há pouco tempo, não estavam 100% fisicamente, mas o problema vai além. Faltou criatividade, faltou formas de sair do sufoco, faltou qualidade coletiva e individual... E lembrou em partes o time da temporada passada.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

O Cruzmaltino conseguiu o mais importante – se classificar na Copa do Brasil –, mas o alerta deve continuar firme em São Januário. A recém-chegada temporada não vai ser fácil.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.