Vasco aposta no retorno da torcida para iniciar sequência de vitórias em São Januário na reta final da Série B

·3 minuto de leitura


Em uma competição de futebol, o fator casa é essencial para o sucesso de uma equipe. Nele, a torcida desempenha um papel importante ao incentivar e fazer com que o time avance, e muitas das vezes, vença os jogos. Com a pandemia, o vascaíno ficou 556 dias distante de São Januário e, de maneira gradativa, tem voltado para acompanhar o Vasco de perto.


O mundo ainda enfrenta uma crise sanitária e a onda da Covid-19, porém com o avanço do número de vacinados no Brasil, algumas prefeituras liberaram a presença de parte do público nos estádios. A direção cruz-maltina conseguiu a liberação de mil ingressos para um evento-teste diante do Cruzeiro. 309 vascaínos compareceram ao jogo, que teve o ingresso no valor de R$ 250 (para não sócios), somado ao teste de antígeno: R$ 140.

+ Confira e simule a tabela da Série B do Campeonato Brasileiro

Na próxima segunda, o Vasco volta a campo diante do Goiás, justamente o último adversário que enfrentou com a presença massiva da torcida (não contando o evento-teste diante do Cruzeiro). A prefeitura do Rio de Janeiro liberou a venda de 7,7 mil ingressos, que seguirão os critérios exigidos.

Entre eles, a apresentação do cartão de vacinação em dia, a realização do teste de Covid-19, e o respeito aos protocolos sanitários. Criticado pelos valores dos ingressos e do laboratório, o clube carioca diversificou os setores que serão abertos ao público, trouxe valores mais acessíveis, e várias opções de laboratórios credenciados.

+ Quatro fatores da vitória sobre o Brusque precisarão se repetir juntos para o Vasco conquistar o acesso

De acordo com a visão do vice-presidente geral, Carlos Roberto Osório, o retorno da torcida será importante para a reta final da Série B. Nos doze jogos que restam, o time necessita vencer nove deles para garantir o acesso à elite do futebol brasileiro. Desses doze, seis serão em São Januário, contra três equipes presentes no G4 atualmente (Goiás, Coritiba e Botafogo).


- É fundamental que tenhamos o público de volta ao Estádio de São Januário, arquibancada aberta, ingressos a preços populares. Para que o Vasco possa ter o maior apoio nessa reta final de Série B. Precisamos do apoio da nossa torcida, ela faz a diferença - disse Osório em entrevista à Super Rádio Tupi, que pretende pedir a venda de 50% de São Januário contra o Coritiba, ou seja, 11 mil torcedores.

+ Após derrota do CRB, diferença do Vasco para o G4 diminui

Nas outras três vezes em que disputou a Série B, o Gigante da Colina teve excelentes desempenhos como mandante. Em 2009, o clube teve a terceira melhor campanha sob seus domínios com 42 pontos (treze vitórias, três empates e três derrotas), atrás apenas de Atlético-GO e Guarani.

Cinco anos depois, em 2014, o Vasco ficou em quarto somando apenas os jogos no Rio de Janeiro. Foram onze vitórias, sete empates e apenas uma derrota, com 40 pontos. Joinville, América-MG e Boa Esporte tiveram campanhas superiores dentro de casa. Em 2016, foram doze triunfos, três empates e quatro derrotas, sendo o quinto melhor mandante com 39 pontos.

+ Fernando Diniz valoriza superação do Vasco para vencer o Brusque: 'Ganho extra de confiança'

Na edição atual, a equipe da Cruz de Malta tem 24 pontos somados em casa, com sete vitórias, três empates e três derrotas. Caso consiga vencer os seis jogos que restam em São Januário, a time chegará aos 55 pontos. Com mais dois triunfos fora, somaria os 61 do quarto colocado de 2020: Cuiabá. A nota de corta varia a cada edição conforme o LANCE! já mostrou

Jogos do Vasco em São Januário até o fim da Série B

Vasco x Goiás - 27 de setembro - às 20h
Vasco x Coritiba - a definir
Vasco x CSA - a definir
Vasco x Botafogo - a definir
Vasco x Vitória - a definir
Vasco x Remo - a definir

* Fora de Casa: O Vasco enfrentará como visitante: Confiança (SE), Sampaio Corrêa, Náutico, Guarani, Vila Nova (GO), Londrina

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos