Vasco anuncia rescisão de contrato com a Diadora; Kappa é favorita

Vasco utilizará camisas feitas pela Diadora apenas até o final do Carioca (Foto: Reprodução)
Vasco utilizará camisas feitas pela Diadora apenas até o final do Carioca (Foto: Reprodução)


O Vasco terá uma nova fornecedora de material esportivo em 2020. Nesta quinta-feira, o clube anunciou oficialmente o rompimento com a Diadora, com quem tinha vínculo desde 2018 e até o final deste ano. A empresa seguirá assinando os uniformes até o final do Campeonato Carioca.

O clube afirma que anunciará em breve o nome da nova marca responsável pelo fornecimento de material esportivo. Em dezembro, o Vasco avançou as conversas com a Kappa.

Os dirigentes vascaínos já se mostravam incomodados com a Diadora por acordos não cumpridos e polêmicas nas condições do vínculo. Em 2018, o Vasco arrecadou apenas R$ 200 mil com a parceria. No último balanço financeiro divulgado, já causou estranheza os custos com materiais esportivos, o que não acontecia anteriormente.

O contrato entre Vasco e Diadora foi fechado pelo ex-presidente Eurico Miranda no "apagar das luzes" de seu mandato em 2017. Todos os uniformes utilizados pelo Cruz-Maltino são pagos. O lucro é apenas pela venda das peças no mercado. Como o valor da multa era muito alto na primeira temporada, mas ia reduzindo a cada ano, o Cruz-Maltino decidiu que este era o melhor momento para o fim da parceria.






Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também