Vargas marca, Atlético-MG vence o Corinthians e se classifica à Libertadores

Gol de Vargas no fim do primeiro tempo garantiu vitória atleticana em Itaquera (Foto: Pedro Souza / Atletico)


O Atlético-MG confirmou a sua classificação à fase preliminar da Libertadores na tarde deste domingo (13) ao vencer o Corinthians, em plena Neo Química Arena, em São Paulo, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. O Galo bateu o Timão por 1 a 0, gol marcado pelo atacante Eduardo Vargas, em cobrança de pênalti.


+ Rumo à Copa do Mundo! Veja imagens do embarque da Seleção Brasileira para Turim

JOGO COMEÇA MORNO, MAS VAI MELHORANDO

O jogo entre Corinthians e Atlético-MG começou bastante morno, com o Timão tendo mais a bola, mas com dificuldades na criação. Róger Guedes e Gil chegaram ao ataque, mas, ambos de cabeça, não levaram muito perigo nas suas finalizações.

Aos 15 minutos, no entanto, os corintianos chegaram com real perigo pela primeira vez, com Yuri Alberto finalizando com perigo e parando em uma boa defesa de Éverson.

Após o bom momento corintiano, o Atlético-MG acordou e aumentou o ritmo do jogo. Em dois minutos, Vargas e Jair chegaram com perigo. Primeiro, o atacante chileno foi travado por Fausto Vera no momento da finalização. Depois, o volante parou em uma boa defesa de Cássio. Zaracho e Keno foram outros que chegaram com perigo.

Acuado, o Timão começou a voltar à partida e Róger Guedes obrigou novamente Éverson a trabalhar aos 30 minutos.

DE PÊNALTI, GALO ABRE O PLACAR

Quando o primeiro tempo estava encaminhando para terminar empatado sem gols, o Atlético-MG conseguiu abrir o placar, com um pênalti marcado pelo árbitro Bráulio da Silva Machado, que pegou um toque no braço do volante corintiano dentro da área, bloqueando um cruzamento de Zaracho. O atacante Eduardo Vargas converteu com precisão, deslocando o goleiro Cássio para o lado direito e batendo no canto esquerdo.

CÁSSIO EVITA QUE O GALO FAÇA MAIS GOLS

Mesmo atrás do placar, o Corinthians não conseguiu se encontrar no segundo tempo e poderia ter saído da Neo Química se não fosse o goleiro Cássio, que fez, pelo menos, três grandes defesas que evitaram que o Atlético-MG vencesse por um placar mais elástico em Itaquera.

A primeira intervenção foi em um chute de Nacho, que o zagueiro Robert Renan completou afastando para escanteio. Depois, Keno finalizou com perigo e fez com que o Gigante desse um tapa com a ponta dos dedos. Já no fim da partida, Ademir foi quem parou no paredão corintiano.

SHOW DE CARTÕES AMARELOS

O jogo, principalmente no segundo tempo, foi bastante picotado, com muitas faltas e reclamações. O saldo foi a quantidade de cartões amarelos: nove. Seis do lado do Galo (Éverson, Jemerson, Allan, Zaracho, Nacho e Vargas), e três do Corinthians (Fábio Santos, Maycon e Róger Guedes).

+ Saiba como ficou a classificação final do Campeonato Brasileiro

CORINTHIANS 0 X 1 ATLÉTICO-MG
CAMPEONATO BRASILEIRO - 38º BRASILEIRÃO


Local: Neo Química Arena, São Paulo (SP)
Data e hora: 13 de novembro de 2022, às 16h (horário de Brasília)
Árbitro: Braulio da Silva Machado (FIFA/SC)
Assistentes: Kleber Lucio Gil (FIFA/SC) e Alex dos Santos (SC)
Árbitro de vídeo: Rafael Traci (SC)
Público e renda: 43.669 pessoas / R$ 2.364,487,50
Cartões amarelos: Fábio Santos, Maycon e Róger Guedes (Corinthians); Éverson, Jemerson, Allan, Zaracho, Nacho Fernández e Eduardi Vargas (Atlético-MG).
Cartões vermelhos: -

GOLS: 0-1 Eduardo Vargas (44'/2T)

CORINTHIANS
​Cássio; Fagner, Gil, Robert Renan e Fábio Santos; Fausto Vera (Mateus Vita, 13'/2T), Du Queiroz e Maycon (Giovane, 26'/2T); Ramiro (Renato Augusto, intervalo), Yuri Alberto e Róger Guedes. Técnico: Filipe Almeida.

ATLÉTICO-MG
Éverson; Mariano, Jemerson, Rever e Dodô; Allan, Jair e Nacho Fernández (Rubens, 50'/2T); Zaracho (Guga, 35'/2T), Eduardo Vargas (Pavón, 35'/2T) e Keno (Ademir, 26'/2T). Técnico: Cuca.