Vargas alcança Nacho como 5º maior artilheiro estrangeiro da história do Atlético-MG

Vargas foi questionado na atual temporada no Atlético-MG - Reprodução / Atlético-MG


Após ser muito questionado por suas atuações no Atlético-MG em 2022, Eduardo Vargas desencantou na atual temporada pelo time mineiro ao marcar os dois gols do empate por 2 a 2 com o São Paulo desta terça-feira pelo Brasileirão. Com os gols, o chileno igualou Nacho Fernández como o 5º maior artilheiro estrangeiro da história do Galo.

Vargas chegou a ficar seis meses sem marcar com a camisa do Atlético. Com 19 gols em 95 jogos, ele agora é o 5º maior artilheiro da história do clube. Nacho precisou de 106 partidas para alcançar o feito.

Na frente de Vargas e Nacho está Savarino (21 gols) em quarto lugar, Rómulo Otero em terceiro (26 gols), Juan Cazares em segundo (41 gols) e Lucas Pratto como maior artilheiro estrangeiro do clube, com 42 gols.

Vargas estava marcado negativamente desde a partida de volta das quartas de final da Copa Libertadores deste ano contra o Palmeiras, quando foi expulso no final do jogo e não participou da disputa de pênaltis, sendo um dos principais cobradores do Atlético.

O chileno chegou a ser punido com multa salarial após o ocorrido, e também deixou de ser relacionado em alguns jogos do clube por decisão da diretoria junto à comissão técnica. Entretanto, Vargas voltou a atuar pelo Galo, foi titular contra o São Paulo e durante os 90 minutos da partida.