Van Dijk, da Holanda, abre o jogo sobre ausência de Firmino em convocação da Seleção Brasileira

Van Dijk e Firmino jogam juntos no Liverpool há quatro anos (AFP)


Depois de vencer Senegal por 2 a 0, o capitão da Holanda, Virgil Van Dijk, entrou no assunto Seleção Brasileira. O zagueiro foi questionado sobre a ausência do companheiro de Liverpool, Roberto Firmino, na convocação de Tite. Para o holandês, a falta do atacante mostra o tamanho da força do elenco do Brasil.

Sobre a questão, Van Dijk foi curto e direto: "Eu acho que se Bobby não está no elenco, Brasil tem um time muito, muito bom. Isso é tudo", disse.

+ Imprensa holandesa critica atuação em estreia e pede troca na zaga para Copa do Mundo

Apesar de não querer se estender no assunto, já que o foco de momento é a Holanda, Van Dijk falou mais abertamente há uma semana, em entrevista ao podcast Pitch Inside.

- Eu diria que, no Liverpool, é Bobby Firmino. Sabendo o quão difícil é jogar contra ele como defensor, porque ele se movimenta muito. Eu poderia dizer ele, mas também Mo Salah, Sadio Mané, Thiago (Alcântara) agora. Tem sido agradável jogar com esses caras - disse.

Firmino era um dos melhores jogadores do Liverpool antes da parada para a Copa do Mundo. Com nove gols e quatro assistências, ele recuperou a confiança e estava no radar de Tite, mas acabou de fora. O treinador optou por Gabriel Martinelli e Pedro.

+ Xavi diz que Espanha pode fazer boa Copa e destaca Brasil e Argentina como favoritos


A Holanda, de Van Dijk, volta a campo nesta sexta-feira, às 13h (de Brasília), para enfrentar o Equador. O jogo vale a liderança do Grupo A, já que as equipes estão empatadas em primeiro lugar, com campanhas idênticas.