"Vamos ser fortes nesta temporada", aposta técnico do Atlético-PR

Guilherme Moreira
Paulo Autuori acredita que Furacão vai ser competitivo e fazer frente em outras competições

Após o triunfo por 1 a 0 na quarta-feira contra o San Lorenzo, em Buenos Aires, na Argentina, pela segunda rodada da Copa Libertadores, o Atlético-PR recuperou os pontos perdidos na estreia. O técnico Paulo Autuori, além de comemorar o resultado, avaliou que o time vai ser forte durante todo o ano.

Considerado o "grupo da morte", o grupo 4 tem Flamengo, San Lorenzo-ARG e Universidad Católica-ARG, além da equipe paranaense. Com um empate e uma vitória em dois jogos, o Furacão demonstra que vai lutar pela classificação mesmo sendo o de menos tradição no torneio internacional. O clube brasileiro é o segundo colocado, com a mesma pontuação do time do chileno.

- Queremos vencer os jogos. Facilidade não espero em lugar nenhum, menos ainda contra equipes como o San Lorenzo. Sempre muito fortes, não desistem nunca. Queremos crescer competitivamente. Assim que terminou o sorteio, este grupo foi eleito o grupo da morte eleito. Nós somos os patinhos feios - falou o treinador atleticano.



A competitividade na Libertadores, de acordo com Autuori, vai se manter pelo restante do ano. O técnico rubro-negro avalia que a dificuldade do torneio, ainda mais passando por duas fases eliminatórias antes de chegar a fase de grupos, amadurece o elenco.

- Não tenho dúvida de que vamos ter uma equipe forte para a temporada. Já começa de uma forma muito difícil para nós. Agora vai haver uma parada, importante para nós. Vamos crescer para corrigir os erros que temos cometido. Temos que baixar a bola e trabalhar muito. Ninguém precisa saber, a não ser nós mesmos, a força que temos e a capacidade que temos - completou.

Pela Liberta, a equipe rubro-negra só volta a campo no dia 12 de abril, diante do Flamengo, no Rio de Janeiro. Com quase um mês de parada, o Furacão vai utilizar o time principal em três jogos do Campeonato Paranaense.




E MAIS: