Valverde e Betancur: a parceria entre La Liga e Premier League no meio-campo do Uruguai


O Uruguai chega à Copa do Mundo do Qatar com a possibilidade de ser retratado de uma maneira diferente. Bastante conhecida por duplas de zaga ou de ataque, a seleção celeste pode encontrar em Valverde e Betancur, que formam uma parceria de La Liga e Premier League, uma solução de sucesso rumo ao título.

> Quem é o maior favorito na Copa do Mundo? Veja votação feita na redação do LANCE!

O novo meio-campo uruguaio para a Copa pode ser composto por quatro jogadores, mas tendo a dupla central formada por Valverde, jogador do Real Madrid-ESP, da La Liga, e Rodrigo Betancur, do Tottenham-ING, da Premier League. Ambos foram titulares nos últimos quatro jogos das eliminatórias e em amistosos.

A nova dupla promete muito mais que apenas garra e determinação, características bastante conservadas por antigos atletas donos da posição. Fede e Betancur podem colocar um pouco mais de talento e ousadia no setor, fazendo com que a estratégia seja outra além de apenas recuperar a bola e distribuí-la aos atacantes.

Seleção Uruguaia - Betancur
Seleção Uruguaia - Betancur

Rodrigo Betancur toma conta da magia (Foto: HECTOR RETAMAL / AFP)

> Clique e confira a tabela completa da Copa do Mundo!

Rodrigo Betancur fica com a magia

Apesar de ter apenas 25 anos de idade, Betancur é um velho conhecido da torcida celeste. O meia foi titular em toda a campanha do Uruguai na Copa da Rússia, em 2018, e desde então evoluiu o setor com uma característica mais criativa no centro do campo.

O jogador traz consigo as características do campeonato em que atua, a Premier League. Betancur tem velocidade, mas sabe principalmente o que fazer com a bola em um curto espaço e como ter a posse, encontrando os companheiros com uma boa visão de passes curtos e precisos.

Em 31 partidas da Premier League pelo Tottenham, o meio-campista deu seis assistências e marcou dois gols na última rodada da competição, contra o Leeds, mostrando que também pode ser perigoso ofensivamente.

Valverde - Uruguai
Valverde - Uruguai

Valverde é dono da ascensão (Foto: Divulgação/AUF)

Valverde fica com a personalidade

Valverde chegou ao Real Madrid-ESP em 2017, quando ainda não era visto por muitos como uma das maiores promessas do futebol sul-americano. Apesar de algumas atuações ruins em seu início, o meia conseguiu progredir e se tornar uma das peças mais importantes de um dos maiores clubes do mundo.

Seu estilo de jogo é mais versátil e ofensivo, repleto de atributos de vitória, apesar de também conseguir anular os adversários com uma boa marcação. Ele pode atuar tanto pelo lado direito do campo, como também mais centralizado, aproveitando sobras para arriscar finalizações que geralmente resultam em perigo.

Na última temporada, Valverde viveu altos e baixos e não marcou nenhum gol. Carlo Ancelotti, treinador do Real, por sua vez, admitiu em uma entrevista que "rasgará a licença de treinador se o meia não marcar dez gols na atual". Bom, até aqui já são oito gols marcados, sendo seis no Campeonato Espanhol, fazendo dele o artilheiro do time no torneio.

> Acompanhe o tempo real de tudo que acontece na Copa do Mundo do Qatar!

Com seis temporadas disputando as principais ligas da Europa, bem como a experiência de duas Copas Américas desde 2018, o Qatar oferece o palco perfeito para que Valverde e Bentancur desfilem um bom futebol.

Com uma linha de frente forte e uma defesa pragmática, a parceria a La Liga e a Premier League pode elevar a seleção celeste como uma das equipes que podem ir longe na Copa do Mundo.