Valentim aprova possível chegada de Honda: 'Idade para render muito'

Alberto Valentim é o treinador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Alberto Valentim é o treinador do Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)


Os bastidores do Botafogo foram tomados por Keisuke Honda. O interesse do Alvinegro, que fez uma proposta oficial para tentar contratar o meio-campista, foi pauta em entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira. De volta ao Rio de Janeiro após a pré-temporada no Espírito Santo, Alberto Valentim analisou o interesse do Glorioso no atleta de 33 anos.

- A diretoria fez uma proposta pelo Honda. Estou indo agora para uma reunião com a diretoria para conversarmos alguns assuntos importantes para os próximos dias. É um jogador de qualidade, de seleção. Jogador experiente com uma idade boa para render muito. Ainda mais se tratando de um japonês, pela cultura de educação e disciplina. Sem dúvida seria um reforço. Seria. Não sei a que pé anda a negociação - afirmou.

Enquanto o Botafogo vive a expectativa por Honda, o comitê de futebol do clube agiu rapidamente para achar um substituto para João Paulo, de saída para o Seattle Sounders-EUA. Trata-se de Gabriel Cortez, meio-campista equatoriano de 24 anos que chega por empréstimo até dezembro vindo do Guayaquil City-EQU.

- Foi um consenso nosso. Jogador de força, boa batida na bola, camisa 10, pode jogar em outras posições também. Vem pra fortalecer essa posição que acabamos perdendo o João Paulo. Vamos precisar desses jogadores todos. Ele vai ser mais um integrante do nosso grupo para deixar o Botafogo mais forte. Tem características muito interessantes. Espero que venha logo fazer parte do grupo, participar do nosso dia a dia - analisou Valentim.





Alberto Valentim e a equipe principal do Botafogo chegam com a "corda no pescoço" para o Campeonato Carioca. A equipe alternativa do Alvinegro, formada por reservas e atletas do time sub-20, foi derrotada nas duas primeiras partidas da Taça Guanabara, contra Volta Redonda e Madureira. No próximo domingo, às 19h, com força máxima, o Glorioso mede forças com o Macaé.

- Vi algumas tentativas do que tínhamos feito e treinado. Depois nos perdemos, principalmente quando eu vi o Botafogo em desvantagem. Jogadores queriam fazer cada um do seu jeito. Não é assim que queremos trabalhar esse ano. Terei uma conversa mais a fundo com os jogadores que ficaram aqui. Alguns jogadores foram bem. Gostei de alguns. Agora todos juntos para ficarmos mais perto. O campeonato começa para a gente agora. Já que não somamos nas primeiras rodadas, começa agora com o Botafogo com toda força - comentou.

A tendência é que a equipe que entre em campo diante do Macaé seja a mesma que encerrou a semana de treinamentos no hotel-fazenda China Park, em Domingos Martins, na região serrana do Espírito Santo: Gatito Fernández; Fernando, Marcelo Benevenuto, Carli, Guilherme Santos; Cícero, Thiaguinho; Luiz Fernando, Bruno Nazário, Luís Henrique; Pedro Raul.

- Já tenho um time definido. Eu gosto de cravar só depois do ultimo treino, para que não tenhamos surpresas. Mas vai com time forte, titular, que eu acho que está pronto para fazer um grande jogo contra o Macaé - finalizou o treinador.







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também