Valencia garante ao Equador empate merecido contra Holanda

Enner Valencia durante partida do Equador contra a Holanda pela Copa do Mundo do Catar

Por Mark Gleeson

DOHA (Reuters) - O capitão e "Super-Homem" do Equador, Enner Valencia, liderou uma luta muito intensa de sua equipe nesta sexta-feira, quando os sul-americanos empataram em 1 x 1 com a Holanda no Grupo A da Copa do Mundo do Catar para manter ambas as equipes na corrida pelas oitavas de final, ao mesmo tempo que acabaram com as chances de classificação do anfitrião Catar.

Valencia, de 33 anos, marcou seu terceiro gol no torneio após um rebote no segundo tempo, após Cody Gakpo ter colocado os holandeses à frente logo aos seis minutos de jogo, com um chute de primeira, em um resultado que deixou ambas as equipes com quatro pontos.

O Catar perdeu seu segundo jogo consecutivo em sua estreia em Copas do Mundo mais cedo nesta sexta para o Senegal e está eliminado. Os campeões africanos estão em terceiro lugar no grupo e decidirão sua sorte na terça-feira, contra o Equador.

O Equador teve um primeiro tempo modesto, com a equipe holandesa, dirigida por Louis van Gaal, parecendo confortável, mas sem pressa.

Mas os sul-americanos, apoiados por um barulhento contingente usando amarelo nas arquibancadas do Estádio Internacional Khalifa, aceleraram no segundo tempo e poderiam ter vencido quando um disparo de Gonzalo Plata acertou a trave holandesa aos 14 minutos do segundo tempo.

A partida começou mais promissora para os holandeses, que procuravam sua segunda vitória no torneio, o que lhes teria garantido se tornar a primeira equipe a se classificar para as oitavas, quando Gakpo marcou o gol.

Uma bola mal recuada para a defesa por Moises Caicedo foi roubada por Davy Klaassen, que então passou para Gakpo bater com força de pé esquerdo e abrir o placar.

Mas isso foi o melhor que o time de Louis van Gaal conseguiu.

O Equador passou a pressionar e o gol de empate veio aos quatro minutos do segundo tempo, quando o Equador roubou a bola no meio-campo, Pervis Estupinan finalizou contra o gol holandês e Valencia aproveitou o rebote dado pelo goleiro Andries Noppert para marcar.

Com o gol, o jogador de 33 anos, que foi substituído perto do final do jogo, marcou os últimos seis gols anotados pelo Equador em Copas do Mundo --três no torneio de 2014, no Brasil, e três agora, no Catar.