Valdívia volta a marcar, Inter vence e larga na frente contra o Cruzeiro-RS

Encerrando a ida das quartas de final do Campeonato Gaúcho, o Internacional recebeu o Cruzeiro-RS, no 48º aniversário do Beira-Rio. A partida marcou também a estreia do volante Edenilson com a camisa do Colorado. Em partida movimentada, o Inter venceu por 3 a 1, e poderá até perder por um gol de diferença, que estará classificado. Os gols da equipe colorada foram marcados por Brenner e Valdívia, enquanto Dão diminuiu para os visitantes.

O Jogo

A partida começou com o Cruzeiro-RS em cima, e aos 5 minutos, Lucão finalizou com perigo ao gol de Lomba. Após a pressão inicial, o Inter acordou e passou a atacar, mas sem êxito em um primeiro momento. A primeira chance do Colorado veio aos 19, quando Brenner rolou para D'Alessandro, e o argentino finalizou colocado, com muito perigo, pela linha de fundo. Dois minutos depois, Carlinhos cruzou e Brenner marcou o primeiro gol da partida, 1 a 0. O gol não aliviou a pressão colorada, mas a equipe não conseguiu mais levar perigo ao gol estrelado. O Cruzeiro voltou a ameaçar após desvio de letra de Lucão, que foi na rede pelo lado de fora. No último lance do primeiro tempo, Otávio emendou um voleio, mas a bola saiu por cima do gol.

No segundo tempo, o Inter voltou pressionando e quase ampliou após Dão desviar contra o próprio gol, mas a bola foi pela linha de fundo. O Estrelado respondeu na cabeçada de Kozlowski, mas Lomba defendeu. Ao 27, D'Ale tentou marcar olímpico, mas a zaga cortou, e na sequencia, Cuesta cabeceou livre, para fora. Aos 31, William roubou a bola dentro da área e tocou para Brenner marcar seu segundo gol na partida, o sétimo no Gaúchão, 2 a 0. O Cruzeiro reagiu com Thiago Alagoano, mas Lomba fez uma grande defesa. Aos 39, John Lennon cobrou falta para a área e Dão diminuiu, colocando fogo no confronto, 2 a 1. Quando a partida se encaminhava para o fim, Valdívia cobrou falta com perfeição aos 47 minutos e voltou a marcar pelo Inter após toda a polêmica envolvendo sua possível saída, 3 a 1.





E MAIS: