Vai ou não vai? Grêmio mantém buscas por vice de futebol após negativa inicial de Herrmann

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Fabio Utz
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

E o vice-presidente de futebol do Grêmio, quem será? Desde a quinta-feira, quando ficou definida a saída do técnico Renato Portaluppi, o cube trabalha para reestruturar o seu departamento de futebol. No entanto, até agora não conseguiu definir o principal líder deste processo.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Na noite de segunda-feira, tudo indicava, após reunião do Conselho de Administração, que Marcos Herrmann, integrante do órgão, toparia a missão. A informação inicial era de que ele havia cedido à pressão dos pares. Depois, porém, veio a negativa por parte do próprio dirigente, que esteve em um encontro a sós com o presidente Romildo Bolzan Júnior e o CEO Carlos Amodeo. "Tenho problemas particulares não resolvidos e enquanto não resolvê-los não estão postas as condições para aceitar", disse ele, para GaúchaZH.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Muito embora, ao afirmar na sequência que "o mundo dá voltas", tenha deixado as portas abertas para mudar o panorama, por enquanto o Grêmio segue sem vice. E, com a indefinição, também não pode anunciar diretores, a eventual contratação de um executivo e, também, a chegada do novo treinador - que tende a ser Tiago Nunes.

Para mais notícias do Grêmio, clique aqui.

Quer saber como se prevenir do coronavírus? #FiqueEmCasa e clique ​aqui.