Vacinado contra a covid, Neymar deseja vacinas para 'o Brasil e o mundo inteiro'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neymar celebra gol marcado sobre o Lens, na vitória do PSG, pelo Campeonato Francês
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O atacante brasileiro do Paris SG, Neymar, vacinado contra a covid-19, compartilhou nesta quinta-feira (20) sua "felicidade" e sua esperança de um retorno à vida normal, desejando que "o Brasil e o mundo inteiro" possam ser vacinados rapidamente.

"Depois de tanta espera, chegou a minha vez. Que felicidade...", escreveu a estrela do PSG, divulgando um vídeo do momento em que recebe a injeção aplicada por um profissional francês.

O N.10 do PSG foi diagnosticado com coronavírus em setembro do ano passado, após umas férias polêmicas em Ibiza, e teve que permanecer vários dias isolado.

"Espero que tudo volte ao normal o mais rápido possível e que não só o meu país Brasil, mas o mundo inteiro possa estar vacinado", desejou o jogador em uma mensagem em sua conta do Instagram.

O ritmo da vacinação ainda está lento no Brasil, onde o vírus deixa mais de 440.000 mortos. Apenas 37 milhões de brasileiros receberam até agora ao menos uma dose da vacina, o que representa 17,6% da população, enquanto 8% - quase 18 milhões - já recebeu as duas doses.

Na França, quase um terço da população total (32,2%), cerca de 21,5 milhões de pessoas, foi vacinado, 9,26 milhões com as duas doses.

Estrela da Seleção, Neymar deve viajar à América do Sul para disputar a Copa América (13 de junho a 10 de julho), na Argentina e Colômbia.

jed-lg/jr/mcd/aa