Vacina da AstraZeneca é suspensa na Alemanha

Redação Notícias
·1 minuto de leitura
A medical staff dispays AstraZeneca COVID-19 vaccine at a vaccination site set up in the Marseille soccer Velodrome stadium, during a presentation to the media, in Marseille, Monday, March 15, 2021. The government plans to inoculate 10 million citizens by mid-April, 20 million by mid-May and a total of 30 million, or two-thirds of the adults by summer. (AP Photo/Daniel Cole)
Países europeus estão suspendendo a vacina da AstraZeneca (AP Photo/Daniel Cole)

A vacina contra covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford foi suspensa na Alemanha nesta segunda-feira (15) após notícias de casos de coágulos em pessoas que receberam o imunizante.

O governo alemão disse que a medida foi tomada como “precaução”. O Ministério da Saúde afirmou que a Agência Europeia de Medicamentos (EMA), órgão regulador do setor na União Europeia (UE), decidirá “se as novas informações afetarão a autorização da vacina”.

Leia também:

Na semana passada, vários países europeus suspenderam totalmente ou parcialmente a aplicação da vacina da AstraZeneca por causa de casos de coagulação. França e Reino Unido, porém, defenderam a segurança da vacina e mantiveram seu uso.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) e a Agência Europeia de Medicamentos afirmam que não existe evidência de que se deva suspender o uso da vacina AstraZeneca. O diretor da equipe científica da universidade britânica também disse que não existe nenhuma relação entre os coágulos sanguíneos encontrados em pessoas tomaram a vacina e o imunizante.