V3 Masters vence e é a primeira equipe classificada para as semifinais da Pro League

As quatro equipes da chave A da região Latam da Pro League, campeonato mundial de Tom Clancy’s Rainbow Six Siege, voltaram a se enfrentar no último domingo (09), em estúdio exclusivamente criado para as disputas, em São Paulo (SP).

Na primeira partida da tarde, a V3 Masters bateu a Santos Dexterity por 2 a 1 e garantiu uma das vagas nas semifinais. Já no fechamento da terceira semana da competição, a paiN Gaming venceu a semXorah por 2 a 0 e segue na luta pela classificação, enquanto os rivais estão eliminados do torneio.

Agora, paiN e Santos Dex se enfrentam pela repescagem, no dia 23 de abril, em busca de uma vaga nas semifinais.

No próximo domingo (16), a quarta semana terá duelos pela chave B. Às 14h, Keyd Stars e Black Dragons se enfrentarão pela ida às semifinais. Às 17h, NOX Gaming e BRK E-Sports fecham o dia em busca da sobrevivência na competição.

Jogo 1 – V3 Masters X Santos Dexterity

No mapa Casa de Campo, a Santos Dex, composta por Guilherme "gohan" Alf, Leonardo "Astro'' Luis, Gabriel "cameram4n" Hespanhol, Dimas "Pânico" Abreu e Adenauer "Silence" Alvarenga, conseguiu garantir vantagem no placar, vencendo por 5 a 1 os rivais.

No mapa Oregon, a V3 Masters, formada por Gustavo “Psycho” Rigal, João ''Kamikaze'' Gomes, Pedro "pzdd" Dutra, Rafael ''GeRe'' Torres e Thiago 'Thyy' Nicézio, recuperou- se no jogo e bateu a Santos Dex por 5 a 1.

A decisão pela vaga nas semifinais aconteceu no mapa Fronteira. Novamente muito equilibrado, o confronto foi decidido nos detalhes. No fim, a V3 levou a melhor por 6 a 4 na prorrogação, garantindo a virada.

O capitão da equipe vencedora, Thiago 'Thyy' Nicézio, apontou a dedicação de seus companheiros como fator determinante para o triunfo. “Nossa força de vontade durante a semana foi gigantesca. Destaque para todo mundo do time, desde o staff, managers até os jogadores. Foi dedicação total. Estamos 100 % focados, pois mais uma vitória nos leva para a Polônia. Vamos aguardar os jogos do Grupo B e ver quem enfrentaremos na semifinal”, disse Thyy.

Para Guilherme "gohan" Alf, capitão da Santos Dex, a derrota tem algumas explicações. “Eles tinham jogadas bem planejadas, não deixaram brechas e também houve erros de comunicação e alguns afobamentos que não são comuns no nosso time. Isso deu uma atrapalhada em nosso rendimento. Agora vamos rever esses erros e analisar o próximo adversário com foco na vaga”, afirmou gohan.

Jogo 2 - semXorah Gaming x paiN Gaming

O duelo começou no mapa Oregon. A paiN Gaming, formada por Guilherme “Revo1Tz” Guimaraes, David “SpawNsss” Bleichvel, Gabriel “pino” Fernandes, Paulo “psk1” Lourenco e Vinicius “noted” Cavalcati, iniciou com triunfo pelo placar de 5 a 0 sobre a semXorah, composta por Joao Pedro “Black” Chiarelli, Felipe “Abreu” Abreu, Igor “Blind” Alves, Lorran “Prince” de Souza e Lucas “Zyon” Paranhos.

No mapa Kafe Dostoyevsky, a paiN mais uma vez mostrou força, fechou o placar por 5 a 0 e garantiu vaga na repescagem, onde enfrentarão a Santos Dexterity.

O capitão da paiN Gaming, Guilherme “Revo1Tz” Guimarães, exaltou o bom desempenho do time. “Treinamos bem no intervalo entre os dois jogos e o resultado foi mostrado no jogo. Agora é manter o mesmo planejamento para encarar a Santos Dex e tentar ganhar deles”, analisou o capitão.

Mesmo com a eliminação, o jogador João Pedro “Black” Chiarelli, da semXorah, valoriza a experiência de participar de um torneio da importância da Pro League.

- A experiência que levamos desse campeonato é o profissionalismo. Somos uma equipe nova no cenário e precisamos melhorar nosso nível para disputar de igual para igual. Porém, jogamos contra os melhores times do Brasil e queremos retornar e melhorar nosso desempenho - concluiu Black.

Região Latam

A primeira semana da Pro League de Rainbow Six Siege foi palco das vitórias da Santos Dexterity sobre a semXorah Gaming, por 2 a 0, e da V3 Masters em cima da paiN Gaming, pelo mesmo placar.

Na segunda semana, foi a vez das equipes da chave B estrearam, com a Keyd Stars vencendo a NOX Gaming por 2 a 0, além da Black Dragons batendo a BRK E-Sports, pelo mesmo placar. Os quatro times voltam a jogar no dia 16 de abril, quando se enfrentarão para definir seu destino dentro da competição.

Os jogos podem ser vistos pela transmissão ao vivo, nos canais da Ubisoft eSports no Twitch e no YouTube, sempre aos domingos a partir das 14h, com narração em português.

Definições nas Regiões América do Norte e Europa

As outras regiões do Mundial também entraram em sua fase decisiva. Na segunda-feira (03), a Ominous (CAN) garantiu sua vaga para a semifinal ao bater a Continuum (EUA), por 2 a 0. Enquanto a Elevate (EUA) manteve o seu sonho de ir a Katowice vivo ao eliminar a Onslaught Esports (EUA) e se garantir na repescagem, onde encontrará a Continuum. Os confrontos foram válidos pela região América do Norte.

Já nesta quinta-feira (06), foi a vez da região Europa. A Gifu (FIN) se classificou ao vencer a gBots eSports Club (ESP) por 2 a 0. Já a Millenium (FRA) bateu a Barrage eSports (EUR) pelo mesmo placar, e garantiu a vaga na repescagem contra a gBots eSports Club.







































E MAIS: