Vítor Pereira supera turbulência, completa 10 jogos pelo Corinthians e vive seu melhor momento no clube

·3 min de leitura
VP tem cinco vitórias pelo Timão (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)


Após vencer o Avaí por 3 a 0, o Corinthians conseguiu terminar uma rodada na liderança do Campeonato Brasileiro, algo que não acontecia desde 23 de abril de 2018. A marca no Brasileirão foi batida justamente na décima partida de Vítor Pereira sob o comando do Timão, e ela traduz o bom momento do português no time do Parque São Jorge.

> GALERIA - Veja todos os treinadores estrangeiros do Corinthians

No entanto, a história do português começou turbulenta. Ele foi anunciado quase um mês após a demissão de Sylvinho, e teve uma estreia complicada contra o São Paulo, no Morumbi. Mesmo com pouco conhecimento do seu elenco e do futebol brasileiro, sua equipe dominou as ações na casa do rival, mas acabou derrotada por 1 a 0.

Na tentativa de implementar um novo estilo de jogo, mais agressivo e intenso em relação ao seu antecessor, ele conseguiu expressivas vitórias, como a goleada por 5 a 0 contra a Ponte Preta, mas ficou devendo nos clássicos, onde enfrentou Palmeiras e novamente o Tricolor do Morumbi (nas semifinais do Paulistão) e foi derrotado em ambos duelos.

O pior momento do lusitano veio após seu sétimo jogo no ano, depois da derrota na estreia da Libertadores para o Always Ready, da Bolívia. Isso porque torcedores organizados tiveram permissão para entrar no CT Joaquim Grava e conversar não só com o treinador, mas também com lideranças do elenco e até o presidente Duílio Monteiro Alves.

> TABELA - Confira e simule os jogos do Timão na Copa do Brasil

Para agravar a situação, jogadores como Cássio, Gil e Willian receberam ameaças na internet na véspera da estreia no Brasileirão. No entanto, Vítor soube lidar com a delicada situação e conquistou três vitórias consecutivas, espantando a crise e aumentando a sintonia com a torcida.

O aproveitamento do português em seus 10 primeiros jogos sob o comando do Corinthians é melhor do que os últimos quatro treinadores que passaram pelo alvinegro paulista. Ainda, sua equipe tem 16 gols marcados, e nove sofridos.

Apesar do bom momento, o treinador lusitano terá pela frente uma dura sequência na temporada. Após o duelo de ida da terceira fase da Copa do Brasil na quarta-feira (20), contra a Portuguesa-RJ, o Corinthians irá enfrentar o Palmeiras pelo Brasileirão, na tentativa de vencer seu primeiro clássico no ano.

Três dias depois, no dia 26 de abril, o Timão recebe o Boca Juniors na Neo Química Arena, em uma partida de extrema importância para o futuro de ambas equipes na Libertadores, já que todos os times do Grupo E estão empatados com três pontos.

NÚMEROS DOS TÉCNICOS DO TIMÃO EM SEUS 10 PRIMEIROS JOGOS
Vítor Pereira - cinco vitórias, um empate, quatro derrotas - 53% aproveitamento
Sylvinho - duas vitórias, cinco empates, três derrotas - 36% aproveitamento
Vagner Mancini - quatro vitórias, três empates, três derrotas - 50% aproveitamento
Tiago Nunes - quatro vitórias, dois empates, quatro derrotas - 46% aproveitamento
Carille - três vitórias, quatro empates, três derrotas - 43% aproveitamento

JOGOS DO CORINTHIANS SOB O COMANDO DE VÍTOR PEREIRA
São Paulo 1 x 0 Corinthians (fase de grupos do Paulistão)
Corinthians 5 x 0 Ponte Preta (fase de grupos do Paulistão)
Palmeiras 2 x 1 Corinthians (fase de grupos do Paulistão)
Novorizontino 0 x 1 Corinthians (fase de grupos do Paulistão)
Corinthians 1 x 1 Guarani (quartas de final do Paulistão)
São Paulo 2 x 1 Corinthians (semifinal do Paulistão)
Always Ready 2 x Corinthians (fase de grupos da Libertadores)
Botafogo 1 x 3 Corinthians (Brasileirão)
Corinthians 1 x 0 Deportivo Cali (fase de grupos da Libertadores)
Corinthians 3 x 0 Avaí (Brasileirão)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos