Vítor Pereira explica ausência de dupla no time titular do Corinthians contra o Cali

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Desde o retorno, a dupla Renato e Willian tem sete gols e oito assistências (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Dois entre os principais jogadores do Corinthians nesta temporada, os meias Renato Augusto e Willian, não foram titulares no duelo contra o Deportivo Cali, nesta quarta-feira (4), na Colômbia, pela quarta rodada do grupo E da Libertadores. A partida terminou empatada em 0 a 0.

> GALERIA - Veja todos os técnicos estrangeiros do Corinthians
> TABELA - Confira e simule os jogos da Libertadores

Em entrevista coletiva ao fim do confronto, o técnico Vítor Pereira justificou as ausências por motivos físicos.

De acordo com o treinador, Willian sentiu um problema muscular contra o Fortaleza, no último domingo (1º), pelo Campeonato Brasileiro, e não tinha condições de atuar os 90 minutos. Foi uma opção do próprio Vítor Pereira, portanto, contar com o camisa 10 apenas na etapa final.

- Willian teve um problema muscular no jogo anterior. Esteve em tratamento nos dias todos, e não posso arriscar perder o Willian por dois, três meses, arriscar a saúde dele, colocando no começo do jogo e ele se lesionar. Preferi hoje guardar o Willian para 30 minutos. Em 30 minutos não lhe dá o nível de fadiga em que o risco seja grande. Mesmo com 30 minutos teve risco, mas não jogou pelo fato de estar com um problema muscular. Esperamos que no próximo jogo ele esteja 100% - disse VP.

Em relação a Renato, Vítor disse que a sequência de jogos tem diminuído o nível de desempenho do camisa 8, que não tem conseguido se recuperar fisicamente.

- Quando ele (Renato Augusto) está bem, joga em um nível altíssimo, mas quando está cansado tem dificuldades. Têm muitos jogos e temos que gerir da melhor forma possível, para evitar lesão – destacou Vítor Pereira.

No último domingo (1º), durante a vitória corintiana por 1 a 0 sobre o Fortaleza, na Neo Química Arena, pelo Brasileirão, o meia Paulinho sofreu uma ruptura do ligamento do joelho esquerdo, teve que passar por cirurgia e ficará entre seis e oito meses afastado do futebol. Vítor Pereira, inclusive, aproveitou a entrevista para desejar boa recuperação ao camisa 15.

- Infelizmente o Paulinho se lesionou por muito tempo. Mando um abraço. Esteve hoje com a equipe, porque pensamos nele durante todos os momentos do jogo. Queríamos lhe dedicar uma vitória, mas não foi possível. Mas fizemos um bom jogo – expôs o treinador corintiano.

Contra o Deportivo Cali, o lateral-direito Fagner também teve que sair de campo contundido
. O atleta caiu no gramado logo aos quatro minutos de jogo e precisou ser substituído. O diagnóstico inicial foi de trauma na perna direita, e o atleta será reavaliado pelo Departamento Médico corintiano logo no retorno da delegação a São Paulo, previsto para esta quinta-feira (5).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos