VÍDEO: São Paulo promete encerrar dívidas com nove jogadores vindos da base até fim da semana


A sexta-feira (4) será de comemoração para parte do elenco do São Paulo, especificamente para nove atletas vindos da base, que terão todos os seus débitos acertados pela diretoria tricolor.

Carlos Belmonte - São Paulo
Carlos Belmonte - São Paulo

Belmonte durante jogo no Morumbi (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)


+ Confira como estão as negociações de contrato do São Paulo neste final de temporada

A informação foi dada pelo diretor de futebol Carlos Belmonte, na manhã desta terça-feira (1), durante evento de lançamento do Campeonato Paulista do ano que vem.

Segundo explicou Belmonte, a quitação das dívidas ficou acertada em reunião na última segunda-feira (31), entre a cúpula do futebol e o departamento financeiro são-paulino.

O dirigente, contudo, não revelou os nomes dos atletas que terão seus débitos quitados e nem quanto ainda restará para o Tricolor saldar. Belmonte, contudo, manteve a promessa de pagar todas as dívidas com o grupo até o fim da atual temporada.

Veja as falas do dirigente são-paulina no vídeo acima.

O LANCE! apurou junto a uma pessoa próxima dos jogadores são-paulinos que a promessa da gestão Julio Casares era de pagar R$ 3 milhões da dívida de R$ 12 milhões que o clube ainda mantém com os atletas até a última segunda. Não há informação sobre a quitação ou não do débito.

O valor, que já chegou a R$ 32 milhões, é referente a pagamentos adiados pela antiga gestão tricolor na época mais intensa da pandemia, luvas, premiações e até direitos de imagem, que seguem com um mês em atraso, conforme o L! apurou.

Já havia a expectativa de pagamento de parte da dívida desde o último dia 21, quando o São Paulo recebeu do Ajax, da Holanda, a primeira das seis parcelas a que terá direito pela venda do atacante Antony ao Manchester United, da Inglaterra.

Segundo o apurado, os holandeses repassaram aos cofres são-paulinos cerca de R$ 35 milhões, que incluem não só a primeira parcela paga pelo United pelo jogador, como também a grana a que tem direito pelo mecanismo de solidariedade da Fifa, pelo fato de o Tricolor ser o clube formador de Antony.

O clube inglês pagou por Antony 95 milhões de euros (aproximadamente R$ 483,3 milhões) mais 5 milhões de euros (por volta de 25,4 milhões) em bônus que dependem de metas estipuladas por contrato, conforme apurou a coluna. O São Paulo tem direito a 20% do lucro dos holandeses com a venda. O Ajax pagou aproximadamente 16 milhões de euros (cerca de R$ 81,4 milhões pela cotação atual) ao Tricolor pelo atacante.

O clube do Morumbi também tem a receber 2,7% da negociação como formador de Antony. O São Paulo só soube exatamente quanto embolsará após ser comunicado oficialmente pelo Ajax sobre os valores da operação. Os holandeses aceitaram a proposta do United a ser paga em cinco prestações anuais.

É o segundo jogador contratado pelo United a render lucros ao São Paulo. Casemiro chocou o futebol europeu ao anunciar a troca do Real Madrid, da Espanha, pelo Old Trafford no último dia 19, em uma transferência de 72 milhões de euros (aproximadamente R$ 373,9 milhões), que o tornará um dos atletas mais bem pagos no Velho Continente. Caso o volante atinja algumas metas estabelecidas, o montante do negócio pode subir para 13 milhões de euros em bônus (cerca de R$ 67,4 milhões).

Como clube formador do jogador, o Tricolor tem direito a 3,5% do valor pelo mecanismo de solidariedade. Ou seja, deverá abocanhar aproximadamente R$ 13 milhões. As dívidas atuais do São Paulo beiram os R$ 700 milhões.

> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!