VÍDEO: Rafinha, lateral do São Paulo, fala sobre favoritismo do Brasil na Copa do Mundo


Na última quinta-feira (3), durante um evento promovido pela marca de isotônicos Gatorade, Rafinha falou ao LANCE! sobre suas projeções para a Copa do Mundo, que começa no dia 20 de novembro.

ATUAÇÕES: Luciano marca golaço, mas defesa não consegue parar Cano em derrota do São Paulo

Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

A campanha da marca foi lançada na sexta-feira (4), com Rafinha e os hidratadores oficiais da Seleção Brasileira, Sergio Luiz de Oliveira e Marcelo Araujo, como personagens principais. O atual lateral-direito do São Paulo reviveu um meme que surgiu em 2020, quando atuava no Flamengo. Na ocasião, virou alvo de provocações.

Segundo os rivais, o veterano, quando atuava no Bayern de Munique, ficou marcado por distribuir água e isotônico para os companheiros.

Em entrevista ao L!, falou sobre o favoritismo do Brasil na Copa do Mundo e sobre quem o jogador considera que sejam as 'pedras no sapato' para a Seleção no mundial.

- A Seleção está muito bem, confiante. Tenho certeza que o Brasil chega como favorito. Vai fazer uma grande Copa do Mundo e agora é torcer que possa trazer esse título para gente - disse.

- Tem algumas seleções que estão vindo muito forte. Eu conheço muito bem a Alemanha, onde passei 15 anos da minha carreira. Mas claro que uma das favoritas é a francesa, todo mundo sabe que tem um poder muito forte, mas acredito que a Argentina dá trabalho também. França, Alemanha, Argentina, Inglaterra e Bélgica, além do nosso Brasil, com certeza - completou.

Rafinha - São Paulo x Atlético-MG - Brasileirão
Rafinha - São Paulo x Atlético-MG - Brasileirão

Rafinha projetou favoritismos na Copa do Mundo (Foto: Rubens Chiri/São Paulo FC)