VÍDEO: Presidente da CBF define perfil de novo treinador da Seleção Brasileira e revela: 'Valores não nos assustam'


O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, segue misterioso quando o assunto é o novo técnico da Seleção. No entanto, nesta quarta-feira, após o sorteio da primeira fase da Copa do Brasil, o dirigente deu algumas pistas sobre o substituto de Tite e revelou que dinheiro não é problema na negociação.

+ CBF define primeira fase da Copa do Brasil; confira os confrontos

- Desde que atenda esses perfis que colocamos, a CBF vai trabalhar também para que possa pagar essa conta. Os valores não são os que nos assustam. O que tem que dar certo é ter todo o perfil que a gente colocou. Acima de tudo que tenha um trabalho longo e que olhe os atletas da Seleção Olímpica, da Sub-20 e do Sub-17 para que a gente tenha condições de sempre produzir grandes craques.

Ednaldo Rodrigues - CBF
Ednaldo Rodrigues - CBF

Ednaldo Rodrigues esteve presente no sorteio da Copa do Brasil (Thais Magalhães/CBF)

Ednaldo Rodrigues revelou também que a cautela na negociação se dá pelo respeito ao clube do treinador, indicando que o nome escolhido esteja empregado. Neste contexto se encontram Carlo Ancelotti, do Real Madrid, Pep Guardiola, do Manchester City, e Abel Ferreira, do Palmeiras. Entretanto, o presidente da CBF ressaltou que o novo treinador precisar ter um "fino trato com a imprensa", o que pode tirar o português da briga por causa das polêmicas recentes.