VÍDEO: Márquez quebra o braço e fará cirurgia após queda em Jerez

Lewis Duncan
motorsport.com

A primeira etapa da MotoGP pode ter sido determinante para o campeonato. O hexacampeão da categoria, Marc Márquez, caiu e quebrou o braço direito. O piloto será levado ao hospital em Barcelona para realizar cirurgia após a forte queda durante o GP da Espanha.

O campeão teve uma corrida dramática, sofrendo uma grande escapada na curva 4 na quinta volta, enquanto liderava a corrida à frente de Maverick Viñales, da Yamaha. O piloto da Honda, de alguma forma, 'salvou' e seguiu na prova, voltando ao top-10 até o final da nona volta.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

MotoGP: Márquez erra e Quartararo bate Viñales e Dovi na EspanhaMotoE: Granado mantém domínio do final de semana e vence com tranquilidade em JerezRossi explica por que ficou tão atrás de Vinãles no grid da Espanha

O ataque de Márquez continuou até a fase final e, na 22ª volta, ele ameaçava passar por Viñales pela segunda vez. Mas Márquez sofreu uma "chicotada" na curva 3, aterrissando pesadamente e precisando ser equipado com um colar cervical, retirado da pista em ambulância.

O médico da MotoGP, Angel Charte, confirmou que Márquez sofreu uma fratura no braço direito e será transportado de avião ao hospital de Barcelona na segunda-feira para uma cirurgia. "Foi uma queda de alta energia, com trauma no peito no lado direito", disse Charte. "Braço direito com impacto pneumático, terceiro terço do úmero, embora não totalmente deslocado, com lesão imobilizada. Ele será transferido para Barcelona para tratamento definitivo."

Ainda não está claro se ele irá correr no GP do próximo fim de semana. Os dois invernos anteriores de Márquez foram afetados por deslocamentos de ambos os ombros, exigindo longos períodos de recuperação.

Antes da pandemia de coronavírus, que atrasou o GP do Catar em março, Márquez deveria começar a temporada em "70%" - apesar de ter se recuperado completamente para o GP de Espanha deste fim de semana.

Em um fim de semana tenso em Jerez, Álex Rins, da Suzuki, deslocou e fraturou o ombro direito e foi forçado a perder a corrida, enquanto Cal Crutchlow, da LCR, também foi descartado com uma concussão devido a um acidente no aquecimento da manhã.

Se Márquez for forçado a perder a segunda corrida do próximo fim de semana em Jerez, será a primeira vez em sua carreira de MotoGP que ele perde uma corrida por lesão, e a primeira desde as últimas duas corridas da campanha de 2011 na Moto2.

Leia também