Uso eleitoral de redes sociais do Cruzeiro gera mal-estar entre conselheiros

Yahoo Esportes
O empresário Emílio Brandi vai concorrer à presidência do Cruzeiro (Bruno Haddad/Cruzeiro)
O empresário Emílio Brandi vai concorrer à presidência do Cruzeiro (Bruno Haddad/Cruzeiro)

No dia 21 de maio o conselho deliberativo do Cruzeiro vai escolher o presidente que comandará o clube de junho até dezembro, para completar o mandato de Wagner Pires de Sá, que renunciou em dezembro do ano passado. O empresário Emílio Brandi, de 57 anos, vai ser o representante do Núcleo Dirigente Transitório, que comanda o clube desde a renúncia da última diretoria, na disputa eleitoral. A maneira como aconteceu a confirmação causou certo mal-estar entre alguns conselheiros, já que a divulgação da candidatura foi através dos perfis do Cruzeiro nas redes sociais e também via site oficial.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM
SIGA O YAHOO ESPORTES NO FLIPBOARD

As postagens foram vistas como uso eleitoral, pelo fato de o candidato em questão ser o nome apoiado pela atual direção do clube, encabeçada por Dalai Rocha, que é o presidente em exercício do Cruzeiro. Para alguns conselheiros, a atitude soou como uma pressão nos demais grupos que planejam lançar candidatos à presidência do Cruzeiro, já que não é segredo para ninguém que o conselho gestor deseja que a próxima eleição seja definida por aclamação, com apenas uma chapa concorrendo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também:

E o ano será bastante movimentado nos bastidores político do Cruzeiro. Vão ser duas eleições presidenciais, a primeira e maio (para um mandato tampão de apenas seis meses) e outra em outubro (para definir o mandatário para o triênio 2021/2023). Além disso, está na pauta do Núcleo Dirigente Transitório a modernização do estatuto do clube e, qualquer mudança, depende da aprovação do conselho deliberativo celeste.

Por enquanto, Emilio Brandi é o único candidato confirmado para a eleição de maio. Se o conselho gestor trabalha para que o nome do empresário seja um consenso, pelo menos nesta primeira disputa, outros nomes são cotados para concorrer à presidente cruzeirense. Sérgio Santos Rodrigues, candidato derrotado por Wagner Pires de Sá em 2017, o médico Célio Elias e o conselheiro João José Moreira Neto (apelidado de João Doido) já manifestaram interesse de disputar a próxima eleição.

Veja mais sobre futebol mineiro no Blog de Victor Martins

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter

Leia também