Usman vê Masvidal com "sorte" e diz que americano não o impressiona: "Não mudou nada"

Kamaru Usman não está impressionado com a fase de Masvidal – Jason Silva/ PXImages

Campeão do peso-meio-médio (77 kg) do Ultimate, Kamaru Usman vai defender seu título no dia 14 de dezembro, contar Colby Covington, no UFC 245. Entretanto, o nigeriano está atento a outro nome da categoria: Jorge Masvidal. Recentemente, o americano conquistou o cinturão ‘BMF’ (mais “durão” do mundo) ao vencer Nate Diaz. Para o lutador africano, seu colega de divisão está apenas ‘surfando’ a onda da sorte e não tem o impressionado.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Em entrevista ao site ‘MMA Fighting’, Usman afirmou que tem visto o mesmo Masvidal de anos atrás e não aponta nenhuma evolução em seu jogo. De acordo com o nigeriano, ainda falta um combate em que o americano se imponha e o diz que ele só está em evidência porque ‘roubou’ a fama de Ben Askren, ao nocauteá-lo em cinco segundos.

“Eu não diria que fiquei impressionado. Porque Masvidal não mudou nada. Ele é o mesmo cara. Ele lutou da mesma maneira. É apenas uma questão de sorte. Ele está tendo essa sorte. Ainda não o vi lutar e dominar um meio-médio do começo ao fim”, afirmou o campeão, completando o raciocínio sobre a constância do americano.

“(O Masvidal é) o mesmo cara que ganha uma ou duas (lutas) e depois perde uma ou duas (lutas). Ainda é o mesmo cara. Por ter acertado uma joelhada de uma maneira tão impressionante, ele roubou esse ‘hype’ que (Ben) Askren estava potencialmente montando. Isso tem muito a ver com onde ele está agora”.

Apesar de não ver Masvidal tão dominante na categoria, Usman não se opõe e uma possível luta entre os dois. Caso defenda seu título, em dezembro, o nigeriano abriu as portas para um combate contra o americano. Sua explicação para aprovar esse duelo é, justamente, por esse ‘status’ que o ‘Gamebred’ conquistou no Ultimate.

“Eu gosto do fato de que ele tem todo esse ‘hype’. Traz muitos olhos (para uma possível luta). Então, se essa luta for feita, eu estaria realmente muito interessado”, finalizou.

Após derrotar Tyron Woodley, Kamaru Usman vai para a sua primeira defesa de cinturão contra Colby Covington, em dezembro deste ano. Já Jorge Masvidal ainda não tem previsão de quando voltará a lutar novamente. Existe a expectativa do americano ser o novo desafiante ao título da divisão, mas ainda nada confirmado pelo UFC.

Leia também