Uruguai estreia no Pré-Olímpico com vitória magra sobre o Paraguai

Logomarca do Pré-Olímpico de futebol, que acontece na Colômbia (Crédito: Reprodução)
Logomarca do Pré-Olímpico de futebol, que acontece na Colômbia (Crédito: Reprodução)


Na abertura do Grupo B do Pré-Olímpico, Uruguai e Paraguai entraram em campo neste domingo (19), pela primeira rodada, no estádio Centenario de Armenia, na Colômbia.

Com o resultado de 1 a 0, os uruguaios largaram na frente na chave, somando agora 3 pontos, assumindo a liderança provisória, enquanto os paraguaios seguram a lanterna, sem nenhum ponto. O complemento da rodada será com a partida entre Brasil e Peru, também neste domingo.

O JOGO

Com um início mais equilibrado, sem os times criando chances de finalização, apenas aos 14 minutos é que o atacante Jesús Medina arriscou contra o gol de Ignacio de Arruabarrena, mas sem sucesso.

Melhor na partida até meados dos 30 minutos, os paraguaios seguiam martelando o adversário. Em novas tentativas de fora da área de Medina, além de outras de Salcedo, Hugo Fernández e López, o arqueiro uruguaio mantinha-se atento a cada chute contra sua meta.

Na reta final da primeira etapa, apesar da posse de bola ser maior por parte dos comandados de Gustavo Ferreyra, a equipe uruguaia ainda sofreu alguns sustos com novas tentativas de finalização adversária encerrando com o placar parcial sem gols.

Na volta para a última etapa, o Paraguai iniciou o confronto novamente melhor. No entanto, acabou sendo surpreendido com o gol de Rossi aos 3 minutos, que, após tentativa de finalização do camisa 11 Ramírez, apenas empurrou a bola para o fundo das redes.

Atrás no marcador, os comandados de Ernesto Marcucci partiram pra cima na esperança de conquistar, ao menos, o empate o mais rápido possível. Porém até os 15 minutos, o Uruguai conseguia manter-se mais em seu campo de ataque, mas sem oferecer maiores perigos.

Após a queda de energia com a partida sendo paralisada por algo em torno de 7 minutos, o jogo recomeçou com o mesmo panorama. Nem mesmo as alterações por parte da seleção Albirroja foram suficientes para frear as descidas da Celeste, que, por pouco, não aumentou sua vantagem.

Já no tempo descontado devido a paralisação, mais os acréscimos, os uruguaios conseguiram administrar o resultado construído, comemorando a primeira vitória no torneio.


















Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também