United volta a sofrer com lesões e só empata em casa contra o Swansea

O Manchester United até saiu na frente, mas cedeu o empate e acabou empatando em casa, por 1 a 1, diante do Swansea, pela 35ª rodada do Campeonato Inglês. Rooney fez para os mandantes, mas Sigurdsson empatou. Com a igualdade, o time de José Mourinho foi a 65 pontos, e segue na luta para alcançar o G4. Os galeses, com 32, seguem brigando contra o rebaixamento.

Os Diabos Vermelhos, que já vêm sofrendo com uma série de desfalques por lesão, viram o lateral Shaw e o zagueiro Bailly deixarem o campo com problemas físicos, o que pode atrapalhar ainda mais a montagem do time nos próximos duelos.

No próximo fim de semana, os comandados de José Mourinho pegam o Arsenal em clássico. Antes disso, porém, viajam à Espanha, onde disputam a ida da semifinal da Liga Europa, diante do Celta. O Swansea segue a luta contra a queda diante do Everton, em casa.

O jogo – Sofrendo com jogadores lesionados ao longo da temporada, o United viu a situação se repetir. Logo aos 8, Shaw deixou o campo, para entrada de Valencia. Em campo, a primeira chance foi dos visitantes. Aos 13, Llorente parou em defesa de De Gea.

Depois disso, porém, o time de Mourinho passou a dominar. Lingard e Rooney assustaram o Swansea em finalizações e mostraram aos rivais que os donos da casa iriam para cima. Aos 29, Martial também arriscou, mas Fabianski defendeu.

Aos 31, em contra-ataque, Ayew quase surpreendeu o United, mas De Gea apareceu novamente. Já no fim da etapa, quando o 0 a 0 parecia inevitável, Rashford caiu na área e o juiz marcou pênalti. Na cobrança, Rooney fez 1 a 0, aos 47.

O segundo tempo começou com mais um problema físico para os Diabos Vermelhos. O zagueiro marfinense Bailly sentiu problema e acabou substituído por lesão. Ainda assim, foi o clube de Manchester que se manteve melhor em campo.

Martial quase ampliou aos 16, mas o goleiro do Swansea fez bela defesa, em bola que ainda desviou na defesa. O polonês voltou a brilhar aos 29, parando tentativa do lateral Valencia, que arrematou com firmeza.

Aos 33, na primeira chance na segunda etapa, os visitantes empataram. Sigurdsson, em bela cobrança de falta, deixou De Gea sem reação e acertou o ângulo em Old Trafford: 1 a 1.

Nos minutos finais, o United saiu para pressionar o rival em busca do gol da vitória. Aos 38, Lingard cabeceou bem, mas Fabianski fez a defesa. Sem força para sufocar o Swansea, o time da casa não chegou ao gol e amargou mais um empate em casa no Inglês.