United está disposto a bater o próprio recorde para ter Griezmann

Antonie Griezmann tem, há alguns anos, desempenhado um bom futebol pelo Atlético de Madrid, da Espanha. O protagonismo assumido na equipe de Simeone faz despertar o interesse de outros grandes clubes da Europa. Segundo o jornal inglês Daily Mail, o Manchester United está disposto a tornar o francês o jogador mais bem pago da Premier League: seriam, caso ele aceitasse, 300 mil libras por semana (cerca de R$ 1,3 milhão), durante cinco anos de contrato.

Desejado pelo técnico José Mourinho, o francês também seria pivô da maior transação da história, também segundo o jornal, se vier a se concretizar. Um dos clubes mais ricos do mundo, os Diabos Vermelhos poderiam desembolsar até 155 milhões de libras (cerca de R$ 635 milhões) – valor que superaria a ida de Pogba para o próprio clube inglês, 105 milhões de libras à época, a mais cara transação da história até então.

As altas cifras seriam uma forma de seduzir o atleta, já que o Manchester, atualmente, briga por uma vaga e nem sabe se disputará a próxima Liga dos Campeões. O que talvez permitiria o clube a cometer esta “loucura” é a possível saída de Wayne Rooney, ventilado no futebol chinês – o astro inglês ganha 290 mil libras semanais –, que daria certo alívio na folha salarial do United.

Griezmann tem mais uma possibilidade de demonstrar seu talento nesta terça-feira, diante do Real Madrid, na primeira semifinal da Liga dos Campeões. Marcado para às 15h45 (de Brasília), o confronto acontecerá no estádio Santiago Bernabéu, casa dos merengues.