United busca virada, Borussia em situação tranquila na 'Champions'

AFP
David Moyes, do Manchester United, é visto em coletiva de imprensa em 18 de março de 2014
.

Exibir galeria

Derrotado por 2 a 0 na partida de ida das oitavas de final pelo Olympiakos, o Manchester United buscará nesta quarta-feira uma virada na Liga dos Campeões, enquanto o Borussia Dortmund, que venceu por o Zenit por 4 a 2 na Rússia, não deve ter problemas para avançar.

Os 'Red Devils', que no último domingo sofreram uma derrota humilhante 3 a 0 para o Liverpool em pleno Old Trafford, depositam todas as esperanças que restam nesta temporada numa boa atuação na Liga dos Campeões.

Atual campeão da Premier League, o Manchester United ocupa apenas a sétima posição da competição.

A 'Champions' é a última chance do clube de levantar um troféu nesta temporada, mas poucos apostam na irregular equipe de David Moyes, muito criticado por não conseguir manter o nível dos times montados pelo lendário técnico Alex Ferguson, seu antecessor no comando dos Red Devils.

"Eu sei exatamente a direção para a qual quero levar esta equipe. Nós temos grandes projetos para os próximos anos. É um clube que trabalha a longo prazo. É por isto que assinei um contrato de seis anos", defendeu-se Moyes.

A equipe de Manchester não pode encontrar alívio nas estatísticas, já que conseguiu reverter apenas uma vez uma derrota na partida de ida (em 2007 contra a Roma, perdendo por 2-1 na primeira partida e goleando 7-1 na volta). Nas outras seis ocasiões, acabou eliminado.

"Se nos classificarmos, isto dará moral ao time. Sabemos que estamos numa posição desconfortável. A temporada não tem sido tão boa quanto eu esperava, mas tenho boas ideias que vou colocar em prática quando chegar a hora certa", analisou o treinador escocês.

Jogando novamente em Old Trafford, o United enfrentará um Olympiakos embalado, com jogadores de qualidade, como o argentino Alejandro Domínguez e o costarriquenho Joel Campbell, autores dos gols da vitória grega na partida de ida.

Treinado pelo técnico espanhol Míchel, ex-jogador do Real Madrid, o Olympiakos já garantiu no último sábado o título grego e agora está a um passo de alcançar às quartas de final da maior competição continental pela primeira vez desde 1999.

Na outra partida desta terça-feira, o Borussia Dortmund só precisa fazer o dever de casa em seu estádio para avançar à próxima fase.

Vice-campeão alemão e europeu em 2013, o time comandado por Jurgen Klopp vai sobrevivendo nesta temporada às inúmeras lesões que vem devastando o elenco.

Esta circunstância tirou o Borussia da briga pela Bundesliga, onde se encontra a 23 pontos de distância do Bayern de Munique, após mais uma derrota no último domingo, desta vez para o xará de Moenchengladbach. A equipe, porém, continua viva na Champions.

Marco Reus, um dos jogadores mais importantes da equipe, não se recuperou a tempo de uma lesão muscular e está fora da decisão contra o Zenit.

"Marco não pôde participar do treino e, infelizmente, não estará disponível", explicou o técnico Klopp, na segunda-feira.

Os russos, por outro lado, contam mais do que nunca com a força do atacante da seleção brasileira Hulk, já que precisam vencer por três gols de diferença para garantir uma classificação direta às quartas.

Caso sobreviva às oitavas, o Zenit terá um novo treinador na próxima fase. O clube anunciou nesta terça-feira que chegou a um acordo com o técnico português André Villas Boas, ex-Tottenham.

- Prováveis escalações:

Manchester United: De Gea - Rafael, Vidic, Ferdinand, Evra - Carrick, Giggs - Valencia, Rooney, Kagawa - Van Persie

Olympiakos: Roberto - Salino, Manolas, Marcano, Holebas - N'Dinga, Maniatis, Dominguez - Campbell, Perez, Valdez

Borussia Dortmund: Weidenfeller - Piszczek, Sokratis, Hummels, Schmelzer - Kehl, Sahin - Reus, Mkhitaryan, Grosskreutz - Lewandowski

Zenit São Petersburgo: Lodygin - Criscito, Hubocan, Lombaerts, Anyukov - Witsel, Faizulin, Shatov, Zyryanov - Hulk, Rondon

Exibir comentários (0)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Falta 1 ano para a Olimpíada. Se ela começasse hoje.... quem teria chances de medalha?

    Falta 1 ano para a Olimpíada. Se ela começasse hoje.... quem teria chances de medalha?

    Em 5 de agosto de 2016 teremos a cerimônia de abertura da Olimpíada do Rio de Janeiro. Há 1 ano do início dos jogos, apresento quais atletas e esportes tem chances de brigar por medalhas ou que podem ser surpresas, se  os jogos começassem hoje .   Mais »

    Blog Romano Olímpico - 3 horas atrás
  • Daniel Hernández acredita que Furacão pode brigar por "grandes coisas"

    Reforço contratado na janela de transferências, Daniel Hernández estreou pelo Atlético Paranaense na vitória sobre o Palmeiras, pelo Campeonato Brasileiro, e não escondeu a satisfação por ter chegado à Baixada em um momento de alta da equipe. O meia gostou de seu primeiro contato com o futebol brasileiro, mas exaltou mesmo a força da equipe. Mais »

    Gazeta Press - 3 horas atrás
  • Vídeo revela discussão ríspida entre Guardiola e De Jong em amistoso

    Pela semifinal da Copa Audi, a vitória do Bayern de Munique sobre o Milan por 3 a 0, na tarde desta terça-feira, teve clima do amistoso por quase todo o tempo, exceto o intervalo. Irritado por entrada de Nigel De Jong em Kimmich durante a primeira etapa, que culminou em substituição do jovem meia alemão, Pep Guardiola esperou o holandês no túnel de acesso aos vestiários da Allianz Arena para reclamar com ele por causa do lance e, após calorosa discussão, poderia ter sido agredido pelo volante holandês, que foi segurado por seus companheiros de time. Mais »

    Gazeta Press - 3 horas atrás
  • Corinthians se junta a Americana e disputará Liga de Basquete Feminino

    Equipe de Americana é bicampeã da LBF A Liga de Basquete Feminino (LBF) do Brasil terá um grande postulante ao título na temporada 2015/2016. Atual bicampeão do torneio, o Americana fechou uma parceria com o Corinthians para a disputa da liga.Segundo publicado no site oficial do Timão, o grande objetivo da associação com a equipe do interior paulista é “aumentar a visibilidade e o profissionalismo do basquete feminino no Brasil”. Além disso, o Corinthians/Americana surge a um ano dos Jogos Olímpicos Rio 2016, onde a equipe brasileira buscará o tricampeonato. ... Mais »

    Gazeta Press - 3 horas atrás
  • Ataque não funciona e paranistas ainda lamentam desatenção da defesa

    Muita bola no pé e pouca objetividade. Esse foi o Paraná Clube que perdeu para ao América Mineiro por 2 a 0, no Estádio Independência, e viu seus planos de reagir ainda no primeiro turno e se aproximar do grupo de líderes ruírem em duas falhas da defesa. O zagueiro Luciano Castán, autor da penalidade que deu origem ao segundo gol, acredita que a forte marcação do adversário foi eficiente para parar um ataque inerte.“Hoje não deu certo. O América marcou muito firme. ... Mais »

    Gazeta Press - 3 horas atrás