United é acusado pela Federação Inglesa; Rojo escapa de punição

Clube será investigado por reclamações de jogadores com o árbitro após expulsão de Herrera; jogador deu pisão em Hazard, mas não terá problemas

O Manchester United foi acusado pela Federação Inglesa de Futebol (FA) de falhar no controle de seus jogadores após a partida contra o Chelsea, pela Copa da Liga Inglesa. Enquanto isso, Marcos Rojo escapou de qualquer punição da entidade.

Os incidentes aconteceram na última segunda-feira. A reclamação contra Rojo é em um lance já no final da partida em que o argentino teria dado um pisão no peito de Eden Hazard. O árbitro do confronto, Michael Oliver, afirmou ter visto o incidente, mas não achou que o jogador merecia alguma punição.

Rojo stamp on Hazard...just in case anybody at the FA missed it..?...everybody Re tweet..another pic.twitter.com/R1VVgmVAgV"

— Mike Peck (@mpecky61) March 13, 2017

Essa decisão de não haver nenhum tipo de punição acontece menos de uma semana depois do jogador Tyrone Mings, do Bournemouth, receber um banimento de cinco jogos por ter pisado em Zlatan Ibrahimovic.

- O Manchester United foi acusado de ter falhado no controle de seus jogadores. O incidente aconteceu no minuto 35 do jogo das quartas de final da FA Cup contra o Chelsea, no Stamford Bridge - disse a FA em comunicado. O clube tem até sexta-feira para apresentar sua defesa.

A confusão mencionada ocorreu logo após a expulsão de Ander Herrera, quando vários jogadores do United ficaram em volta do juiz reclamando. Herrera foi suspenso por dois jogos (West Brom e Middlesbrough).



E MAIS: