Umtiti já é imprescindível no Barcelona

Samuel Umtiti acabou com a maldição do Barcelona com os defensores. O clube buscou muitos nomes para o setor desde o declínio de Carles Puyol, mas só um meio-campista conseguiu se consolidar na posição: o argentino Javier Mascherano. Até que, no ano passado, o secretário técnico Robert Fernández apostou no jovem que defendeu o Olympique Lyonnais. O tempo mostrou que ele tinha razão.

Jean-Michel Aulas, presidente do clube francês, já comentou no momento de firmar a transferência que os 25 milhões de euros que recebeu dos catalães era uma pechincha. Vice-campeão da Ligue 1 em 2015/16, o time ocupa apenas a quarta posição nesta temporada e já foi, inclusive, eliminado da Champions League. Aos 23 anos, o Barcelona encontrou um atleta que pode marcar época no Camp Nou.

Entre os titulares do Barça, Umtiti não sabe o que perder em La Liga. São 15 vitórias em 15 compromissos, com jogos difíceis, como os duelos em San Mamés, Mestalla e Vicente Calderón, além do 5 a 0 diante do Celta de Vigo, a melhor partida da equipe na temporada, além da virada história sobre o PSG, a qual também foi titular.

Em La Liga, o Barcelona só venceu dois dos 11 duelos que jogou sem Umtiti, atuando de maneira semelhante ao compatriota Eric Abidal, que também chegou vindo do Olympique Lyonnais antes de se converter em um dos atletas mais queridos do Barça.

Angel Di Maria Samuel Umtiti Barcelona PSG UEFA Champions League 08032016


(Foto: Getty Images)

Quando chegou, o próprio atleta revelou que não teria problemas na adaptação: "Passei meses vendo todos os jogos do Barcelona e conheço perfeitamente a todos os jogadores", revelou. O tempo deu razão a ele. E também ao Barcelona por contratá-lo.