Um jogador pode participar da Champions League por duas equipes diferentes?

A pergunta que muitos fãs de futebol tem feito é se o Borussia Dortmund, que contratou Erling Haaland do RB Salzburg, e se o Liverpool, que acertou com Minamino, também ex-Salzburg, poderão participar da segunda fase da Champions League.

Tanto Haaland quanto Minamino entraram em campo pela fase de grupos. O que gera dúvida: poderão ou não jogar por seus novos clubes a fase mais importante da UCL?

O mês de janeiro fica marcado no futebol europeu pela abertura da janela de inverno, na qual as equipes aproveitam para reforçar seus elencos, como Borussia Dortmund e Liverpool fizeram.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio
Erling Haaland Dortmund
Erling Haaland Dortmund

(Foto: Divulgação Borussia Dortmund)

No entanto, apesar dos times poderem realizar quantas contratações acharem necessárias, na Champions League há um limite para o registro de novos jogadores: três, mas a novidade da temporada é que agora não importa se eles jogaram a competição por outra equipe, diferentemente do ano passado, quando Coutinho, por exemplo, não pode entrar em campo pelo Barcelona por ter atuado antes com o Liverpool.

"Quanto ao registro de jogadores após a fase de grupos da UEFA Champions League e da UEFA Europa League, um clube pode registrar três novos jogadores elegíveis sem restrições", afirma o regulamento da UEFA na seção de contratações

Desta forma, os Reds poderão contar com Minamino para enfrentar o Atlético de Madrid nas oitavas de final, assim como Haaland poderá ajudar o Borussia Dortmund no duelo contra o PSG.

Leia também