'Uh, vai morrer'! Cerca de mil torcedores lotam treino aberto do UFC Fortaleza

O público compareceu em peso nesta quarta-feira - Inova Foto

O treino aberto do UFC Fortaleza, realizado nesta quarta-feira (8), marcou o início das atividades oficiais para promoção do evento agendado para este sábado e, a julgar pela receptividade dos fãs, o sucesso está garantido. Com cerca de mil torcedores presentes em um shopping na capital cearense, os atletas brasileiros foram ovacionados e os tradicionais gritos de ‘Uh, vai morrer!’ voltaram a marcar presença.

Grande estrela do card, Vitor Belfort apareceu careca, deixando de lado os cortes de cabelo sempre inusitados com que aparecia para competir no Brasil. Aplaudido de forma ensandecida pelos fãs, o ‘Fenômeno’ jogou uma camiseta de presente para a torcida e recebeu o maior apoio desta tarde.

“O povo brasileiro e, especialmente o do Nordeste, é muito caloroso. Estou muito feliz em estar aqui, vamos lá. Vamos lutar contra a corrupção deste país”, declarou como seu tradicional estilo de discurso.

Curiosamente, seu rival Kelvin Gastelum não foi hostilizado como se esperava. Talvez por ser filho de mexicanos ou por mostrar intimidade com a cultura brasileira (principalmente as músicas), o jovem treinado por Rafael Cordeiro recebeu mais aplausos e gritos de incentivo do que vaias dos presentes.

Tanto que ‘Kelvin Safadão’ se tornou quase que um novo apelido para o americano, fã declarado do cantor Wesley Safadão e do estilo musical Sertanejo Universitário. Carismático, o atleta retribuiu o carinho e prometeu dar um grande show, além, é claro, de dar uma palinha e soltar a voz no microfone com o hit ‘Meu Coração deu PT’, para alegria da torcida.

Antes de Gastelum, o ex-lutador do Pride Maurício ‘Shogun’ também se apresentou e prometeu retomar o estilo agressivo e nocauteador. Sempre de poucas palavras, o curitibano recebeu caloroso apoio dos fãs, que trataram de vaiar em uníssono o adversário Gian Villante. Atleta este que, por sinal, não teve nenhuma chance de agradar a plateia e deve sofrer as consequências disso no sábado.