UFC trabalha para ter Cormier x Jones no UFC 214, em julho

Uma das lutas mais aguardadas dos últimos tempos no MMA pode sair do papel daqui três meses. Trata-se da revanche entre Daniel Cormier e Jon Jones. E quem revelou essa possibilidade foi o presidente do UFC, Dana White, que aguarda uma posição de ‘Bones’ para definir o futuro da divisão dos meio-pesados (93 kg).

Suspenso por doping até o meio de julho, Jones não poderia atuar no dia 8 do mesmo mês, quando acontecerá o UFC 213 durante a Semana Internacional da Luta, em Las Vegas. Segundo Dana White, DC estaria pronto para essa data e estaria disposto a encarar Bones ou Jimi Manuwa, atual terceiro do ranking e que parece ter entrado de vez no páreo por uma chance de disputar o título.

“Cormier está apto para lutar no dia 8 de julho, mas esta data não funciona para Jon Jones. Cormier já me disse que ele pode lutar tanto com Jones quanto com Manuwa. Se Jon Jones estiver pronto para lutar (no UFC 214) em 29 de julho, nós vamos finalmente ver a revanche entre Jones e Cormier”, afirmou o mandatário em conversa com a ‘ESPN’.

Jon Jones foi o responsável pela única derrota na carreira de Daniel Cormier. Foi em 2015, quando o então campeão levou a melhor por decisão unânime. Pouco depois, no entanto, Bones teve seu título cassado após provocar uma acidente automobilístico e fugir do local sem prestar socorro à vítima. Os dois se enfrentariam no UFC 200, mas Jones foi retirado do card dias antes após ter sido flagrado no exame antidoping.

O UFC 214 acontecerá na cidade de Anaheim, na Califórnia. Caso Jon Jones não consiga atuar no dia 29 de julho, é provável que Manuwa fure a fila de Alexander Gustafsson e Glover Teixeira para encarar Daniel Cormier.