UFC 238: Deiveson ironiza Moreno durante encarada e faz aviso sobre a luta: 'Vai entrar para a história'


De volta ao Brasil depois de três longos anos, o UFC 283 trás como atração principal a quarta luta da acirrada rivalidade entre o brasileiro Deiveson Figueiredo e o mexicano Brandon Moreno. Durante a coletiva de imprensa na manhã desta quarta-feira, os dois lutadores trocaram provocações e prometeram uma grande luta pelo título da categoria dos pesos-mosca.

+ Sadio Mané fora da Copa: veja 30 jogadores que preocupam para o Mundial do Qatar ou vão perder a competição

Perguntado sobre estarem no card principal no UFC Rio, ao invés de outros astros da companhia de Dana White, Deiveson valorizou o embate contra o rival.

- Todo mundo sabe que eu não gosto dele. E quando nos encontramos saímos na porrada mesmo no octógono. Estamos prontos para dar um show. Vamos lutar nesta quarta luta e tenho certeza que nós encontraremos uma quinta. ( O combate) Deiverson Figueiredo e Moreno vai entrar para a história - afirmou o brasileiro.

+ Charles do Bronx afasta chance de entrar em ação no UFC 283, no Rio de Janeiro: 'Preciso descansar'

QUARTA LUTA

Desde 2020, Deiverson Figueiredo e Brandon Moreno têm se enfrentado no UFC. Na primeira ocasião, o duelo terminou empatado e o cinturão permaneceu com o brasileiro. Ano passado, os dois voltaram a lutar e Brandon Moreno conseguiu uma vitória por finalização no segundo round, se tornando o primeiro lutador nascido no México a conquistar um cinturão do Ultimate.

O último embate entre eles ocorreu em janeiro deste ano, no UFC 270. Deiveson venceu por decisão unânime da arbitragem, recuperando o título e empatando a disputa pessoal com o mexicano igualado.

- Não existe nenhuma possibilidade dele estudar o meu jogo. Estou treinando no Brasil, em casa, aqui estou totalmente offline de mídias. Vou acrescentar muitas mudanças no meu jogo (de luta). Tenho certeza que ele verá um cara diferente na frente dele - garantiu o "God of War", como é conhecido no UFC.

+ UFC 283: Rival de Deiveson Figueiredo, lutador mexicano toca em roda de samba no Rio de Janeiro

RIVALIDADE

Brandon Moreno não se mostrou intimidado com o fato da luta ser realizada no Brasil. Ele demostrou estar bem confortável e, em alto e bom som falando português, atacou o brasileiro.

- Você fala muita merda, cara. Você faz muito barulho, mas sabe, todos sabem, que eu sou muito melhor que você e você sabe - disparou. O comentário foi rebatido por Deiveson:

- Por isso, para todo mundo que eu não gosto desse cara. Ele se faz de humilde, mas não tem nada. Todo mundo sabe que ele é um bebê chorão, safado. E toda vez que entrarmos no octógono será essa guerra. Ele não tem nada de humilde, traiu a própria equipe (...) Vou partir para cima desse cara, tudo o que eu mais quero é abrir outra brecha na cara dele - disse. Na sequência, Deiveson ironizou o recente episódio da presença do mexicano no tradicional "Samba do Trabalhador", no Rio.

- Tudo que ele fizer no Brasil eu sei. Ele não faz nada de diferente (na luta). Quando ele me finalizou foi sorte. Eu infiltrei alguém na sua equipe, rapaz - completou.

+ Deiveson Figueiredo detona criação de cinturão interino no peso-mosca do UFC: 'O campeão tem nome'

O brasileiro cogita trocar de categoria após a luta contra o rival, ele abordou o assunto e alfinetou Moreno.

- Bom, talvez essa seja a última luta, estou cansado de bater nesse cara. Vou deixar o ( Alexandre) Pantoja dominar a categoria e bater nesse cara.

Logo após o comentário, o mexicano devolveu a provocação e chamou o brasileiro de "bebe chorão" e disse que seria uma espécie de "fuga".

Na hora da encarada entre os dois, o brasileiro provocou o atleta mexicano dizendo que o seu cinturão seria o "verdadeiro", já que atleta detém um título provisório da categoria e ofereceu o seu de forma irônica.

UFC RIO
UFC RIO

Campeão linear provoca rival e oferece , seu título dos pesos moscas (Foto: Matheus Andrade/ Lance)

UFC DE VOLTA AO BRASIL

Edição 283 do Ultimate está marcada para acontecer no Rio de Janeiro, no dia 21 de janeiro. O evento acontece na Junesse Areana. Os ingressos começaram a ser comercializados nesta quarta-feira.

O valor dos ingressos da edição 283 do Ultimate, marcado para o dia 21 de janeiro, no Rio de Janeiro, vão variar entre R$ 390 e R$ 2.340.