UFC 209: Iuri 'Marajó' dá show e finaliza luta quase perdida

Iuri 'Marajó' finalizou Sanders apos levar longo castigo no octógono - Rigel Salazar

Realizado neste sábado (4) em Las Vegas (EUA), o card preliminar do UFC 209 contou com dois brasileiros em ação em duelos que devem definir seus próximos passos no evento. Embalados por vitórias, Iuri ‘Marajó’ e Luis Henrique ‘KLB’ encararam Luke Sanders e Marcin Tybura e garantiram momentos de muita emoção para os fãs presentes no ginásio T-Mobile Arena. E destaque ficou por conta do peso-galo (61 kg).

Na quarta luta da noite, Iuri encarou Luke Sanders e começou com tudo, derrubando e partindo para uma chave de braço que levantou a torcida logo nos primeiros segundos. No entanto, o americano soube responder à altura e com o passar dos minutos tomou conta do combate e, ao administrar melhor a distância, conectou fortes contragolpes que abalaram o rival.

Em certo momento, o brasileiro ficou completamente sem reação por quase dois minutos no chão, apenas se defendendo dos golpes de Sanders que, posicionado em suas costas, o impedia de levantar e castigava no ground and pound. Dinâmica esta que por pouco não colocou fim ao confronto e só foi interrompida por um golpe ilegal do dono da casa.

Com um ponto retirado nas papeletas, Sanders retornou para o segundo assalto disposto a terminar o confronto e com nova sequência de cruzados e diretos em pé voltou a balançar Marajó, que se defendia e tentava quedas como única arma. Até que o destino lhe sorriu.

Em raro momento que o rival aceitou golpeá-lo por cima no chão, Iuri colocou sua faixa-preta de jiu-jitsu em ação em encaixou justa chave de joelho que garantiu aplausos frenéticos da torcida presente no ginásio, que a essa altura vibrava com a valentia do atleta.

Com o triunfo, o brasileiro garantiu sua segunda vitória seguida no UFC e volta a sonhar com o top 10 da categoria. Atualmente número 15 do ranking oficial, Marajó pode saltar importantes posições após a impressionante vitória.

Derrota brasileira

Jovem peso-pesado brasileiro, Luis ‘KLB’ estava embalado por duas vitórias por finalização até que, em duelo apático, foi superado pelo mais completo polonês Marcin Tybura, que conteve seu ímpeto e soube atacar nas horas certas para, por cima, garantir os pontos decisivos nas papeletas dos jurados.

Afoito, o pupilo de Tatá Duarte voltou a mostrar falta de concentração quando levava a pior no confronto, o que lhe custou domínio de importantes posições, principalmente no clinche junto à grade. No terceiro round, quando levava a melhor e quase encaixou uma guilhotina, KLB vacilou e, já cansado, acabou derrubado, o que selou seu destino.

Por cima, o polonês puniu com golpes e abriu espaço para passar a guarda e montar, de onde seguiu atacando até o árbitro interromper a disputa. Uma pena, mas a derrota por pontos deve servir de grande aprendizado para o atleta.

De virada

Mirsad Bektić  entrou com tudo no octógono e impôs um verdadeiro passeio em Darren Elkins. Melhor desde o início, o atleta da Bósnia derrubou e puniu o rival em claros 10×8 nas duas primeiras etapas do combate. No entanto, enquanto repetia o passeio no assalto final ele cansou e pagou o preço por isso.

Em um rápido vacilo, ele permitiu que o oponente se levantasse e, em sequência surpreendente de golpes junto à grade, garantiu um impactante nocaute no último round.

Acompanhe os resultados do card preliminar do UFC 209:

Marcin Tybura nocauteou Luis Henrique ‘KLB’ no 3º round;
Darren Elkins nocauteou Mirsad Bektić no 3º round;
Iuri ‘Marajó’ Alcântara
finalizou Luke Sanders no 2º round;
Mark Godbeer venceu Daniel Spitz por decisão unânime;
Tyson Pedro nocauteou Paul Craig no 1º round;
Albert Morales venceu Andre Soukhamthath por decisão dividida.