Uefa vai sancionar PSG após protestos pró-Palestina de torcedores e uso de sinalizadores

PSG pode ser punido por manifestações de ultras (Geoffroy VAN DER HASSELT / AFP)


A Uefa abriu um processo disciplinar contra o PSG após os "incidentes" no jogo entre a equipe francesa e o Maccabi Haifa, de Israel, pela Champions League na última semana e pode punir o clube parisiense, segundo o jornal "L'Équipe".


Na ocasião, torcedores do Paris acenderam sinalizadores no setor atrás de uma das traves durante a partida, o que não é permitido pela entidade em jogos. Os ultras (ou torcidas organizadas) do PSG também levaram bandeiras da Palestina em alusão à sua posição no conflito com Israel e faixas com os dizeres "Gaza existe. Gaza resiste. Palestina Livre".

+ 20 dias para Copa: redação do LANCE! aponta maiores favoritos ao título

O clube francês deve receber uma multa por parte da entidade. O Maccabi Haifa deve ser punido, pelo caso disciplinatório de uso de sinalizadores e foguetes por parte de torcedores visitantes durante a partida.