Após novo revés do Arsenal, Wenger diz que futuro será anunciado "em breve"

Londres, 18 mar (EFE).- O técnico francês Arsene Wenger admitiu neste sábado que fará anúncio sobre o futuro, sem especificar data, contudo, dizendo se seguirá ou não como técnico do Arsenal, após o fim do contrato, em junho deste ano.

"Sei o que vou fazer. Todo mundo também saberá muito em breve", disse o comandante, em entrevista coletiva concedida pouco depois da derrota para o West Bromwich, fora de casa, por 3 a 1, pelo Campeonato Inglês.

O comandante, de 67 anos, vem sendo muito questionado pelo desempenho recente dos 'Gunners', que voltou a ser eliminado nas oitavas de final da Liga dos Campeões da Europa e está longe da briga pelo título nacional.

Apesar disso, de acordo com a imprensa inglesa, Wenger recebeu proposta do Arsenal para renovar contrato por mais duas temporadas.

"Hoje, não vou me preocupar com isso. Estamos em um momento ruim o pior que vivemos em 20 anos. Estamos perdendo um jogo após o outro, e isso é mais importante do que meu futuro", garantiu o francês.

Com o resultado negativo contra o West Brom, o Arsenal ficou com 50 pontos, cinco atrás do Liverpool, quarto colocado. Para piorar, o time amanhã ainda pode ser ultrapassado pelo Manchester United, que tem 49 e visitará o Middlesbrough. EFE