Uefa fica satisfeita com divisão de vagas para a Copa de 2026

Redação Central, 30 mar (EFE).- A Uefa se disse satisfeita com o projeto de vagas proposto elaborado pelo Comitê do Conselho da Fifa para disputar a Copa do Mundo de 2026.

"Achamos que a Uefa estará bem representada com um total de 16 associações nacionais competindo no novo formato da Copa do Mundo", disse nesta quinta-feira o presidente da Uefa, Aleksander Ceferin.

O dirigente também afirmou que confia que a proposta sobre o novo formato da competição será ratificada pelo Conselho da Fifa, que acontecerá em Manama, no Bahrein, no próximo dia 9 de maio.

Na reunião deverão ser aprovados os acordos sobre as quantidades de vagas anunciadas hoje pelo comitê, formado pelo presidente da Fifa, Gianni Infantino, e os presidentes das seis confederações.

Após a aprovação da ampliação da Copa do Mundo para 48 seleções, a divisão de vagas ficaria da seguinte maneira: Ásia (oito vagas diretas), África (nove), Concacaf (seis), Conmebol (seis), Oceania (uma) e Uefa (16).

Para as duas vagas restantes, a previsão é a criação de um torneio com seis equipes, um por confederação exceto a Uefa. O último time seria da confederação do país anfitrião do torneio.

Duas das seleções entram como cabeças de chave, segundo o ranking da Fifa, e jogarão contra os vencedores dos dois primeiros jogos entre as quatro equipes restantes.

Esse torneio seria disputado em novembro de 2025 no país-sede da Copa, em mais uma espécie de teste para o Mundial. EFE