Uefa deveria repensar decisão sobre jogos da Eurocopa em Wembley, diz comissário europeu

·1 minuto de leitura
A Itália venceu a Áustria (2-1) no estádio de Wembley, em Londres, com público limitado, pelas oitavas de final

A Uefa deveria reconsiderar sua decisão de organizar as semifinais e a final da Eurocopa-2020 na Inglaterra, alertou um dos vice-presidentes da Comissão Europeia nesta segunda-feira.

Margaritis Schinas disse ao Parlamento Europeu que a decisão sobre onde organizar estes jogos cabe à Uefa, mas partilhou as suas "dúvidas" sobre a conveniência de realizar essa partidas em Wembley, em um estádio lotado.

O Reino Unido, disse Schinas, limita os movimentos de pessoas rumo à UE após devido à pandemia de coronavírus.

"Acho que deveria haver uma certa simetria e uma certa proporcionalidade", afirmou ele.

"Penso que a Uefa faria bem em analisar esta decisão cuidadosamente. Esta não é uma decisão inocente. Terá de ser tomada com pleno conhecimento dos fatos", acrescentou.

Schinas, no entanto, observou que estava fazendo essas declarações "a título pessoal".

O Reino Unido enfrenta uma generalização da variante Delta do coronavírus, mas os organizadores do torneio anunciaram que as semifinais e a final seriam disputadas diante de cerca de 60.000 espectadores.

Como parte das restrições britânicas devido à pandemia, todos os países da UE - com exceção de Malta e das Ilhas Baleares (Espanha) - estão localizados na "zona laranja".

Isso exige que os cidadãos britânicos em viagem, ao retornar ao Reino Unido, sejam colocados em quarentena e submetidos a exames.

ahg/gh/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos