Uefa destina quase R$ 1,5 bilhão para ajudar clubes e federações


Em meio à pandemia de coronavírus, muitos clubes estão enfrentando dificuldades financeiras e estão com problemas para honrar com compromissos. Pensando nisso, a Uefa decidiu ajudar seus clubes e federações filiados.

Nesta segunda-feira, a entidade anunciou que está contribuindo com 236,5 milhões de euros (cerca de R$ 1,5 bilhão) para ajudar durante a atual crise. Cada uma das 55 federações receberá 4,3 milhões de euros (R$ 26,2 milhões).

VEJA O QUE DISSE O PRESIDENTE DA UEFA
"Nosso esporte está enfrentando um desafio sem precedentes causado pela crise da COVID-19. A Uefa quer ajudar seus membros a responder de maneiras que sejam adequadas às suas circunstâncias específicas. Como resultado, concordamos que até € 4,3 milhões por associação, pagos pelo restante desta temporada e pela próxima, além de parte do financiamento do investimento, podem ser usados ​​conforme nossos membros considerarem adequado para reconstruir a comunidade de futebol.

Acredito que esta é uma decisão responsável para ajudar o máximo que pudermos; estou orgulhoso da unidade que o futebol está mostrando ao longo desta crise. Sem dúvida, o futebol estará no coração da vida voltando ao normal. Quando chegar a hora, o futebol deve estar pronto para atender a essa ligação."







Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também