UEFA abre processo e Barcelona, Real Madrid e Juventus podem enfrentar punição de dois anos

·1 minuto de leitura


A Uefa abriu um processo disciplinar contra Barcelona, Juventus e Real Madrid por uma “potencial violação ao quadro jurídico” da entidade por conta da participação das três equipes na criação da Superliga Europeia. Como são os únicos que resistem ao projeto, a entidade coloca possíveis sanções apenas contra os três clubes.

O processo aberto pela Uefa, entidade máxima do futebol europeu, teve início no dia 12 de maio de 2021, e os responsáveis por tal ato acreditam que existe motivo o suficiente para aplicar sanções nas equipes de Barcelona, Juventus e Real Madrid.

Por terem deixado o projeto da Superliga Europeia antes com o intuito de evitar punições, os outros nove clubes europeus seguiram uma série de recomendações e, portanto, não devem ser sancionados com os clubes resistentes.

Barcelona, Juventus e Real Madrid arriscam sofrer punições pesadas por parte da Uefa, podendo ficar de fora de competições internacionais por até dois anos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos