Ucrânia pede banimento do Irã da Copa do Mundo do Qatar

Ucrânia busca vaga na Copa do Mundo do Qatar (ANDY BUCHANAN / AFP)


A Ucrânia fez um apelo à Fifa pela exclusão do Irã na Copa do Mundo do Qatar. O país árabe é acusado de fornecer armas para a Rússia, o que iria contra dois artigos do Estatuto dos Direitos Humanos e Luta Contra a Discriminação da Fifa.

- Levando em conta a informação da mídia sobre as sistemáticas manifestações de violações dos direitos humanos no Irã que podem violar os princípios e normas da carta da FIFA. Tendo em conta a resolução 22.31 do Conselho de Segurança da ONU sobre a imposição de sanções ao Irã e o suposto envolvimento do Irã na agressão militar da Rússia contra a Ucrânia, apelamos à FIFA com a proposta de considerar a exclusão da seleção iraniana. da Copa do Mundo FIFA de 2022 - diz o comunicado do Comitê da Federação Ucraniana.

> Veja a tabela da Copa do Mundo

O apelo surge dias após Sergei Palkin, CEO do Shakhtar Donetsk, pedir para que a Ucrânia substitua o Irã na Copa do Mundo do Qatar. O torneio tem previsão para começar no próximo dia 20 de novembro, enquanto o país árabe estreia no dia 21.

De acordo com a imprensa europeia, Kiev, capital da Ucrânia, foi atingida por drones de fabricação iraniana implantados por militares russos no início de outubro.