Ucrânia adota slogan "Glória aos heróis" proibido pela Uefa

·1 minuto de leitura
Slogan "Glória aos heróis" na camisa que será usada pela seleção ucraniana na Eurocopa

Por Pavel Polityuk

KIEV (Reuters) - A Associação de Futebol da Ucrânia concordou nesta sexta-feira em tornar a frase "Glória aos heróis" um slogan oficial, embora seu uso na camisa da seleção tenha sido proibido pela Uefa.

A entidade reguladora do futebol europeu disse à Ucrânia na quinta-feira que a camisa pode manter um mapa que inclui a Crimeia em sua camisa, apesar de isto ter causado revolta em Moscou, mas que precisa retirar a frase "Glória aos heróis" devido às suas conotações militares.

Andriy Pavelko, presidente da Associação de Futebol da Ucrânia, voou a Roma na quinta-feira para conversas de emergência com a Uefa e disse que elas continuariam na manhã desta sexta-feira.

Ele disse no Facebook que, na manhã desta sexta-feira, 45 dirigentes do futebol ucraniano aprovaram "Glória à Ucrânia" e "Glória aos heróis" como símbolos oficiais do futebol nacional.

Eles também aprovaram a imagem do mapa que inclui a Crimeia como brazão da associação.

O novo uniforme deve ser usado na Eurocopa, que começa nesta sexta-feira, e "Glória aos heróis", uma saudação militar no país, aparece escrito dentro da camisa.

Moscou objetou ao mapa delineado porque anexou a Crimeia em 2014, mas a península continua sendo reconhecida internacionalmente como parte da Ucrânia.

"Símbolos de futebol da Ucrânia, reconhecidos há tempos por todos os nossos torcedores e pela comunidade de futebol em geral, precisam ser protegidos e imortalizados na tradição de futebol de nosso país", disse Pavelko.

"Em todas as partidas de nossas seleções! O código do futebol nacional único, que contém estes atributos, une todos os ucranianos de regiões diferentes da Ucrânia e nossos compatriotas de países e continentes diferentes."