Tyson diz que Pelé era gentil e carinhoso; veja outras repercussões da morte do Rei

CAMPINAS, SP (FOLHAPRESS) - Personalidades mundiais, e não apenas do futebol, têm se manifestado nas redes sociais sobre a morte de Pelé aos 82 anos, na última quinta-feira (29).

O ex-boxeador norte-americano Mike Tyson postou nesta sexta-feira (30) em sua conta no Instagram uma foto sua com o Rei, acompanhada da seguinte mensagem: "Eu tinha 21 anos e vivia o sonho de conhecer um dos grandes. Ele era um homem gentil e carinhoso, nunca tinha nada de mal a dizer sobre ninguém. Descanse em paz".

Assim como Pelé, Tyson também chegou muito jovem ao cume da carreira. Em 1986, aos 20 anos, já era campeão mundial -em seu caso, dos peso-pesados.

Roberto Rivellino, ex-craque do Corinthians que enfrentou Pelé diversas vezes nos anos 70, colocou como imagem de seu perfil uma foto em que ele e Pelé aparecem de costas, ambos com o número 10, em uma partida entre seus clubes.

Ao lado da frase "O seu lugar ao lado de Deus. Meu rei eterno. Descansa em paz", ele publicou um vídeo com a homenagem feita com drones a Pelé durante a Copa do Qatar. Na ocasião, após aparecer no céu a camisa 10 com o nome Pelé, se lia: "Pelé, fique bom logo".

O atacante argentino Angel Di Maria, campeão do mundo no Qatar, postou uma foto em preto e branco de Pelé com a frase "Descanse em paz, Pelé".