TV Estatal chinesa não mostra imagens dos fãs na Copa do Mundo

Torcedores sérvios na partida contra Camarões pela segunda rodada do Groupo G da Copa do Mundo. Foto: Stu Forster/Getty Images
Torcedores sérvios na partida contra Camarões pela segunda rodada do Groupo G da Copa do Mundo. Foto: Stu Forster/Getty Images

Vários fatos extracampo chamam atenção nesta Copa do Mundo no Catar. Inclusive, até para países que não participam desta edição do Mundial. Caso da China em que que as emissora de televisão estatal do país CCTV (Televisão Central da China) não mostra as imagens dos fãs na Copa.

O motivo é para não repassar imagens de pessoas sem máscaras, depois que esse episódio causou indignação entre os habitantes chineses por conta das restrições da pandemia do coronavírus.

Leia também:

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Outra curiosidade é de que há a demora de 32 segundos na transmissão da partida. A CCTV alterna essas tomadas com semblantes dos treinados à beira da área técnica, vibrações dos jogadores ou tomadas amplas. Até o momento, não houve nenhum questionamento se existe censura em território chinês.

É comum também reparar nas redes sociais a comparação da transmissão dos jogos da CCTV com outras emissoras. Muitas análises evidenciam esse atraso de um jogo. O post que viralizou no Twitter foi de Mark Dreyer, autor do livro “Superpotência esportiva: uma visão privilegiada sobre a busca da China para ser a melhor”.

“Algumas pessoas ainda se recusam a ver isso, então decidiram rastreá-lo. Em um minuto, havia o seguinte: fotos em close de torcedores canadenses e croatas no feed da BBC/internacional, substituídas por uma foto solo do técnico canadense John Herdman na CCTV”, declarou.

Outros usuários sentiram-se aptos para comentários após tweets de líderes de opiniões e mandaram a ver com as suas visões. “Talvez a Copa do Mundo #Qatar2022 tenha algum efeito borboleta aqui. A mídia social chinesa está cheia de piadas sobre o torneio de futebol mostrando pessoas se divertindo e vivendo a vida normalmente, em contraste com os intermináveis bloqueios e controles na China”, manifestação de um internauta no Twitter.