Turquia bate Finlândia e cola nos líderes do Grupo I das Eliminatórias

Jogando em casa nesta sexta-feira, a Turquia emplacou a segunda vitória consecutiva nas Eliminatórias Europeias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia, em cima da Finlândia, por 2 a 0, e se aproximou dos líderes do Grupo I das eliminatórias: igualou os oito pontos da Ucrânia e ficou a dois da Croácia, que lidera com 10 pontos – as duas equipes se enfrentam nesta sexta. Destaque para o atacante Tosun, que fez os dois gols do confronto.

Os donos da casa fizeram valer a pressão de início e definiram o resultado com pouco mais de dez minutos de partida. Tosun, aos 8 e aos 11, marcou para a Turquia. Com mais um revés, a Finlândia segue com um ponto e vê sua chance de ir à Copa cada vez mais longe.

A primeira etapa teve, assim como no placar, a Turquia superior. Posse de bola maior, time trocando passes no campo ofensivo e rede balançando duas vezes. Aos oito minutos, Koybasi fez cruzamento na pequena área e Tosun completou para abrir o placar. Três minutos depois, em cobrança de escanteio, de novo Tosun, agora de cabeça, ampliou o marcador.

Apesar dos gols, a seleção turca continuou dominando as ações do jogo. Somente aos 41 minutos a Finlândia chegou a ameaçar. Hetemaj soltou uma bomba de fora de área e acertou a trave do goleiro Volkan Babacan.

Na segunda etapa, até pela vantagem no placar, os mandantes recuaram e mais assistiram a Finlândia jogar. Tanto que os visitantes tentaram marcar em cinco oportunidades, enquanto a Turquia teve apenas três chances, nenhuma no gol. A posse de bola, antes superior aos turcos, teve uma reviravolta: durante o período, os finlandeses ficaram 63% do tempo com ela. O domínio, porém, não se fez valer, e a Turquia só administrou o resultado.

Outro jogo que aconteceu nesta sexta-feira pelas Eliminatórias Europeias para a Copa foi entre Geórgia e Sérvia, também pela quinta rodada. Com a vitória fora de casa, por 3 a 1, a Sérvia assume, ainda que temporariamente – a Irlanda joga mais tarde -, a liderança do Grupo D, com 11 pontos. Para a Sérvia, Dusan Tadic, Aleksandar Mitrovic e Mijat Gacinovic marcaram. Nika Katcharava descontou para a equipe mandante.

Pelo regulamento, os primeiros colocados de cada um dos nove grupos vão ao mundial. Já os oito melhores segundos ganham uma vaga na repescagem, que, em duelo mata-mata, vale uma vaga à Copa.