Turismo fitness aumenta no Brasil com recuo da pandemia

·1 minuto de leitura


Um dos mercados mais impactados pela pandemia, o setor hoteleiro está aos poucos dando sinais de reaquecimento, muito por conta do avanço no número de vacinados e, consequentemente, da retração dos casos de coronavírus no país. Outro fator que vem contribuindo para essa melhora é a busca pelo turismo fitness.

Antes, o conforto, a localização e o café da manhã eram as principais preocupações dos hóspedes. Agora, possuir academia, personal trainer e menus saudáveis estão sendo requisitos básicos na escolha dos clientes pelo hotel ideal, como explica Thyara Rodrigues, empresária do ramo de turismo.

“Antes da crise sanitária, esse já era um quesito importante para os hóspedes corporativos, que buscam em um hotel a menor quebra de rotina possível. Agora, pessoas têm buscado locais nos quais podem se isolar sem ser a própria casa e as academias se tornam um requisito, visto que a preocupação com a saúde também cresceu”, destacou a profissional.

Em destinos metropolitanos, a tendência é que os hotéis implementem estruturas para exercícios ao ar livre, outro serviço que, ao que tudo indica, deve ser motivo de procura a partir de agora, acredita a especialista em mercado turístico.

“Em tempos de pandemia, os viajantes procuram por locais com ar livre, onde possam fazer as atividades físicas com tranquilidade e segurança. Mesmo com o fim da pandemia, é algo que veio para ficar", projeta Thyara Rodrigues.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos