Tuchel revela pedido de desculpas de Lukaku e reintegra atacante para o duelo contra o Tottenham

·1 min de leitura
Thomas Tuchel reintegrou Lukaku ao elenco após não ter relacionado atacante para o confronto contra o Liverpool (Foto: GLYN KIRK / AFP)


Thomas Tuchel, técnico do Chelsea, revelou que Lukaku pediu desculpas por conta da polêmica entrevista em que disse ter vontade de retornar para a Inter de Milão. Em coletiva, o alemão afirmou que o centroavante belga será relacionado para o duelo contra o Tottenham, nesta quarta-feira, pela Copa da Liga Inglesa após não ter participado do jogo contra o Liverpool pela Premier League no último final de semana.

- Romelu Lukaku pediu desculpas e está de volta ao elenco. Para mim foi importante entender que aquilo não foi intencional. Isso não foi tão grande como as pessoas querem que seja. Não foi pequeno, mas temos que manter a calma e aceitar as desculpas.

O comandante dos Blues também afirmou que o centroavante está comprometido com o clube inglês, mas prefeiu não especular o futuro do camisa nove.

- Não há dúvidas do comprometimento de Lukaku com o time. Esse é o motivo de toda a surpresa. Nunca criou problema, é muito emotivo. Eu não sei o que ele pensa sobre o futuro no longo prazo. Ele tem contrato e está comprometido. É o nosso número nove.

O Chelsea encara o Tottenham nesta quarta-feira, às 16h45 (horário de Brasília), pelo primeiro duelo da semifinal da Copa da Liga Inglesa. Após a reonciliação entre Lukaku e Thomas Tuchel, a expectativa é de que o belga seja visto na equipe titular que enfrenta os Spurs.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos