Tuchel não deixou! Chelsea busca virada e adia título do Manchester City na Premier League

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Na prévia da final da Champions League e com título em jogo, vitória do Chelsea frente ao Manchester City, pela Premier League. Uma possível vitória daria aos Citizens a taça antecipada do torneio nacional desta temporada. E parecia que o duelo se desenharia favorável aos comandados de Pep Guardiola. Contudo, se algo está mais que provado nesta campanha, é que não devemos subestimar Thomas Tuchel.

Sem De Bruyne e com Phil Foden e İlkay Gündoğan entrando apenas na reta final do segundo tempo, Gabriel Jesus e Sergio Aguero tiveram mais oportunidades no City. Aliás, o argentino teve a chance de converter um pênalti, mas acabou desperdiçando. Coube a Raheem Sterling anotar pelos mandantes, enquanto Hakim Ziyech e Marcos Alonso anotaram favorável aos Blues - 1 a 2 no placar para o Chelsea.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Jesus fez um bom primeiro tempo e deu bastante trabalho aos zagueiros adversários. No entanto, a segunda parcial foi inteira dos Blues, que construíram boas chances, embora pecaram no momento de finalizar: Timo Werner e Callum Hudson-Odoi balançaram as redes, mas estavam impedidos. Porém, Marcos Alonso estava nas mais perfeitas condições e deixou sua marca no Etihad Stadium já nos minutos finais.

Citizens ficaram 27 minutos sem conseguir finalizar no segundo tempo. | Matthew Ashton - AMA/Getty Images
Citizens ficaram 27 minutos sem conseguir finalizar no segundo tempo. | Matthew Ashton - AMA/Getty Images

Desde que chegou ao comando do Blues, Thomas Tuchel vem fazendo história ao conseguir dominar o esquema tática dos principais treinadores do Velho Continente. Vale lembrar que Mendy e seus companheiros já haviam derrotado Cancelo e companhia na semifinal da Copa da Inglaterra.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Com o título oficialmente adiado, o Manchester City encara o Newcastle na próxima sexta-feira (14), fora de casa. O Chelsea, por sua vez, recebe o Arsenal, na quarta-feira (12). De qualquer maneira, tivemos uma emocionante prévia da finalíssima da Liga dos Campeões.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos